A Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o Banco Regional de Desenvolvimento Econômico do Extremo Sul (BRDE) anunciaram um investimento de R$ 6,05 milhões para o Programa Brasil de Todas as Telas. Serão contemplados seis projetos de longas-metragens dentro de três chamadas públicas. Os recursos são do Fundo Setorial Audiovisual (FSA).

A chamada PRODECINE 02/2013, de apoio à produção cinematográfica via distribuidoras, dará apoio a dois longas de ficção e um de animação. São eles: Que horas ela volta?, de Anna Muylaert (Pandora Filmes), O caseiro, de Júlio Santi (Europa Filmes) e Tarsilinha, de Célia Catunda e Kiko Mistrorigo (H2O).

Já na chamada PRODECINE 03/2013, serão contemplados os filmes Beira-Mar, de Felipe Maltzembacher e Márcio Reolon, e Os Maias (alguns) episódios da vida romântica, de João Botelho, que receberão R$ 200 mil para investimentos na comercialização.

Por fim, através da chamada PRODECINE 04/2013, de complementação de recursos necessários a viabilização de projetos, receberá apoio de R$ 800 mil a animação Peixonauta – O filme, de Kiko Mistrorigo e Célia Catunda.

Para conhecer melhor os filmes selecionados, acesse o site da Ancine.

do site Filme B

Facebook Comments