A Agência Nacional do Cinema (Ancine) divulgou, nesta quinta-feira (9), o resultado da linha PRODAV 06, que vai destinar R$ 70 milhões a produtoras, distribuidoras e programadoras em função de seu desempenho comercial. A chamada pública de suporte financeiro automático prevê que os recursos recebidos sejam investidos em novos conteúdos para cinema e televisão.

No módulo distribuição, foram selecionados a Downtown Filmes (R$ 9,1 milhões), a Paris Filmes (R$ 8,5 milhões) – parceiras que concentram a maior parte dos sucessos nacionais -, e a Vitrine Filmes (R$ 2,2 milhões), responsável pelo lançamento de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho e O Som ao Redor.

Entre as produtoras, as 22 empresas escolhidas dividirão R$ 35 milhões, com valores distribuídos segundo a pontuação de cada uma. Os maiores montantes vão para Morena Filmes (R$ 5,7 milhões), Migdal (R$ 5,1 milhões), Conspiração (R$ 4,6 milhões) e Gullane (R$ 3,4 milhões). Confira a lista completa neste link.

As programadoras, escolhidas pelo seu grau de envolvimento com os canais que apostam pesado na programação de conteúdo brasileiro, são: Conceito A em Audiovisual (R$ 7,1 milhões), do Cinebrasil TV, Synapse (R$ 5,4 milhões), do canal Curta!, Newco (R$ 2,3 milhões), do canal Arte 1, e PBI (R$ 69 mil), do Fashion TV Brasil.

Os recursos de todos os módulos ficam disponíveis por até dois anos para investimento em projetos de produção independente escolhidos pelas próprias empresas. Podem ser aplicados em longas, telefilmes, séries de ficção, animação e documentário.

do site Filme B

Facebook Comments