Já imaginou o líder dos Rolling Stones vestindo cuecas por cima da calça e de suspensórios andando por uma Londres futurista para atacar, ao lado dos parceiros drugs, quem passar pela frente? Se dependesse dos Beatles, Mick Jagger seria o protagonista de “Laranja Mecânica”.

É o que revela uma carta a ser leiloada pelo Paddle 8 com valor estimado entre US$ 18 mil a US$ 25 mil. O documento traz assinaturas dos quatro Beatles (John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison), além de figuras pops dos anos 1960 como Marianne Faithfull e Anita Pallenberg.

O grupo pede ao roteirista Terry Southern (“Dr. Fantástico”) que o papel de Alex de Large ficasse com Mick Jagger em vez de David Hemmings, estrela de “Blow-Up – Depois Daquele Beijo”. “Nós, neste abaixo-assinado, protestamos com extrema veemência e também ilusões abaladas (em você) a preferência por David Hemmings em detrimento de Mick Jagger para o papel de Alex em Laranja Mecânica”, informa a carta.

Mick Jagger chegou a comprar, por apenas US$ 500, os direitos de adaptação de “Laranja Mecânica” do escritor Anthony Burgess, vendendo, em seguida, para o produtor Si Litvinoff. A ideia era que todos os Rolling Stones interpretassem os drugs e a trilha sonora ficaria a cargo dos Beatles.

O roteiro de  Southern, porém, acabou sendo rejeitado pela British Board of Film Censors, abrindo caminho para Stanley Kubrick comprar os direitos da adaptação. O resultado gerou o clássico “Laranja Mecânica” estrelado por Malcolm McDowell. De acordo com o Paddle 8, o cineasta era contrário ao estilo de vida considerado decadente de Jagger, não chamando o líder dos Stones para fazer o filme.

Facebook Comments