Uma tragédia aconteceu no set de filmagem de “Brooklyn Sem Pai Nem Mãe”, novo longa dirigido por Edward Norton. O bombeiro de Nova York, Michael R. Davidson, de 37 anos, morreu durante um incêndio ocorrido nas gravações do projeto na noite de quinta-feira (23). As informações são do site da Variety.

O incêndio aconteceu em um prédio antigo no bairro do Brooklyn no momento em que a equipe gravava uma cena ambientada dentro de uma casa de show. Pai de quatro filhos, Michael trabalhava nos bombeiros de Nova York há 15 anos e ficou gravemente ferido durante a tentativa de conter as chamas. Ele ainda foi levado para o hospital com vida, mas, acabou morrendo. Outros dois companheiros de trabalho também sofreram queimaduras graves e estariam internados em condições críticas.

“Nossas mais profundas condolências à família de Michael R. Davidson. Um incêndio teve início no prédio em que estávamos filmando, já estávamos no fim do nosso dia de trabalho quando percebemos uma fumaça no set. Chamamos os bombeiros de imediato e conseguimos evacuar toda a equipe. Nossos corações estão em solidariedade com a família do bombeiro que perdeu sua vida”, declararam os produtores do filme no Twitter.

Com Norton, Bruce Willis e Alec Baldwin no elenco, “Brooklyn Sem Pai Nem Mãe” acompanha Lionel Essrog, rapaz que cresceu em um orfanato e era hostilizado pelos companheiros. Ninguém entende seu comportamento sui generis, até que Frank Minna, um pequeno mafioso do Brooklyn, tira-o do orfanato e lhe oferece trabalho numa empresa de táxi que serve de fachada para uma agência de detetives, que por sua vez serve de cobertura sabe-se lá para que negócios escusos. O idílio de Lionel com a existência termina com o misterioso assassinato de Minna. Reconduzido à solidão, lutando contra as urgências da sua Tourette, ele tenta descobrir o autor da morte da única pessoa que o compreendeu – Minna, que o chamava de Show de Aberrações Humanas.

Facebook Comments