Um dos maiores festivais de animação do mundo, o Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy, que ocorre de 11 a 16 de junho na cidade de mesmo nome, na França, selecionou nesta edição oito obras brasileiras, entre curtas-metragens, séries de TV, obras publicitárias e um longa-metragem.

As oito produções nacionais estão indicadas em cinco categorias nas competições deste ano. Na categoria longa-metragem, foi selecionado Tito e Os Pássaros, dirigido por Gustavo Steinberg. Já na categoria TV Films, Copa Studio e Coala Filmes concorrem, respectivamente, pelos episódios Eject Especial, da série Irmão do Jorel; e Delírios de um Amor Louco, da Angeli the Killer. Na categoria publicidade, concorrem ainda A Troca, Day One Sunshine, e Leica Everytihing in Black and White, os três da Vetor Zero/Lobo.

Nesta edição, o festival contará com palestrantes brasileiros em painéis, além da sessão exclusiva sobre o Brasil, o Territory Focus. Haverá ainda uma exposição organizada pela Associação Brasileira de Cinema de Animação, em parceria com o Ministério da Cultura, para destacar a história da animação do Brasil.

A presença brasileira no festival reflete o movimento do mercado nacional do setor. No ano passado, foram lançados sete longas-metragens no país. Além disso, outros 25 longas estão atualmente em produção. As séries de animação também mostram força: nos últimos dez anos, a produção passou de duas para 44 séries.

Nas últimas quatro edições, a presença brasileira no evento vinha sendo marcada por delegações que reuniam entre oito e dez empresas. Em 2018, esse número triplicou e o grupo será composto por 36 empresas, todas integrantes dos projetos parceiros da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

da Agência Brasil

Facebook Comments