Quem viaja pela Delta Airlines nos EUA verá uma versão diferente do premiado “Carol” daquela apresentada nos cinemas mundiais. O longa de Todd Haynes teve todas as cenas de beijos e sexo entre as personagens de Cate Blanchett e Rooney Mara. O fato foi denunciado pela comediante Cameron Esposito, nesta semana, através do Twitter. As informações são do site Entertaiment Weekly.

“Assisti ‘Carol’ no avião e editaram a ponto de que as protagonistas nunca se beijarem. Duas mulheres se beijando é bom em aviões”, brincou Esposito. A comediante declarou ainda que tal censura não aconteceu em uma cena de sexo entre Paul Giamatti e Maggie Smith em um episódio da série “Billions”, também exibida nos aviões da Delta.

Procurada pelo EW, a Delta Airlines atribuiu a uma norma da empresa de não mostrar nudez em filmes exibidos nos aviões do grupo. A companhia aérea declarou que recebeu uma versão editada de “Carol” distribuída pela The Weinstein Company sem as cenas de beijos. “Se estivéssemos preocupados com os beijos, nem teríamos exibido o filme, mas, pelas sequências de nudez, optamos pela versão editada”, informou a Delta.

Rivais da Delta, American Airlines e United Airlines estão exibindo o filme na versão integral. Indicado a cinco Oscars, “Carol” traz a história de uma jovem balconista de loja de departamentos que sonha com uma vida melhor e se apaixona por uma mulher mais velha casada.

Facebook Comments