Com mais de 50 anos de carreira, Christopher Plummer se vê em uma situação inédita: substituir um ator em um filme já pronto. A missão foi dada por Ridley Scott após o diretor retirar Kevin Spacey de “All the Money in the World”. Pela primeira vez desde o chocante anúncio, o ator de “A Noviça Rebelde” falou sobre o caso. As informações são do site da Variety.

“É muito triste o que aconteceu com ele. Kevin é de um talento imenso e um ator extraordinário e isso é triste. É vergonhoso. Isso é tudo o que quero dizer”, declarou Christopher Plummer. O ator ainda revelou como o foi o processo para entrar em “All the Money in the World”. “Não é bem substituí-lo. É começar do zero. Embora a situação seja muito triste e esteja muito triste com o que aconteceu com Kevin, o que posso fazer? Eu tenho um papel. Admiro Ridley Scott e estou emocionado por fazer um filme para ele. Ridley veio até mim na semana passada e aceitei o desafio”, disse.

Com estreia nos cinemas americanos marcada para o dia 22 de dezembro, o filme traz a história do polêmico sequestro ocorrido na Itália em 1973. O bilionário J. Paul Getty teve o rebelde neto, J. Paul Getty III, raptado por criminosos. Mesmo com todo o dinheiro, o milionário se mostrou relutante em pagar a quantia exigida pelos bandidos – cerca de US$ 17 milhões. Para provar que tratava-se de um sequestro de verdade, o bando mandou para a família um pedaço de cabelo e parte da orelha direita. Após muitas idas e vindas, os pais do garoto conseguiram convencer Getty a pagar US$ 2,9 milhões após seis meses de negociação.

Facebook Comments