Com direito a presente da Seleção Brasileira, os atores Tom Holland e Laura Harrier participaram de uma coletiva de imprensa comandada pelo crítico Roberto Sadovski, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (2). Os dois estão no Brasil para divulgar o novo filme da Marvel Studios, o aguardado “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”.  O Cine Set acompanhou o evento com cobertura no Instagram Stories.

Pela primeira vez no Brasil, o intérprete do Homem-Aranha, Tom Holland, acredita que, agora, o público poderá ver o aracnídeo mais leve em cena. “O interessante do filme é a forma como Peter Parker está lidando com os super poderes. Ele entrou no meio de uma batalha grandiosa vista em “Capitão América – Guerra Civil” e, mesmo nesta confusão, viver todas estas experiências é um verdadeiro sonho. ‘De Volta ao Lar’ traz o personagem aprendendo e se adaptando a esta condição enquanto luta para derrotar o Abutre”, declarou, acrescentando que este é um Homem-Aranha em constante treinamento.

Holland também comentou sobre a influência dos antigos intérpretes do herói, Tobey Maguire e Andrew Garfield, na composição do personagem dele. “Tive muito sorte de ter esses trabalhos anteriores e os cinco filmes como referência, podendo escolher características que eu roubaria dos atores anteriores, como o aspecto físico de Andrew com o uniforme. Acho que a principal diferença é, agora, Peter Parker ser mais jovem, o que permite com que ele curta mais em ser o Homem-Aranha já que está na casa dos 15 anos”.

Intérprete de Liz Allen, Laura Harrier confirmou que haverá um affair entre a personagem dela com Peter Parker, mas, nada muito sério. Admiradora da Viúva Negra, a atriz afirmou que gostaria de poder, em futuros filmes, possuir super poderes. “Sempre amei filmes de quadrinhos. As cenas de ação foram demais, surreais. Até fiquei com inveja do Tom nas sequências de briga”, brincou.

Questionado sobre se teme ficar rotulado a imagem do Homem-Aranha para sempre após o filme, Tom Holland foi seguro na resposta: “Sou um ator que amo fazer personagens diferentes e experimentar de tudo na minha profissão. Espero que consiga ultrapassar esta barreira”, afirmou. Para o britânico, uma marca de “De Volta ao Lar” será realçar que todos podem ser heróis com pequenos atos, não importando a profissão em que estejam.

Por fim, Holland recordou o momento mais angustiante da vida dele: “Lembro de quando a Sony anunciou o teste para o personagem. Fiquei perturbando o meu agente – ‘por favor, por favor, consiga um teste’. Fiz cinco fitas em que falava meu nome, informações sobre mim. Na última, estava até implorando (risos). Então, me chamaram. O primeiro teste fiz sozinho e o segundo com o Chris Evans (intérprete do Capitão América). Fiquei agoniado porque depois disso não deram mais notícias. Soube que conseguira o papel no Instagram Fiquei louco, não acreditava”, disse.

Com direção de Jon Watts e tendo Michael Keaton como o vilão Abutre, “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” estreia nos cinemas brasileiros no dia 6 de julho.

Facebook Comments