A crítica de cinema será o tema de roda de conversa promovida pelo Cine Set neste próximo sábado (22). A atividade gratuita acontece a partir das 15h30 no Café com Texto, localizado na Rua Belo Horizonte, 1391, zona centro-sul de Manaus. O evento é a segunda contrapartida do livro ‘Cine Set e a Crítica Cinematográfica no Amazonas’ contemplado no edital Conexões Culturais 2017, da Prefeitura de Manaus.

O evento será conduzido pelo crítico do Cine Set e psicólogo, Danilo Areosa, com outros dois membros do site: Gabriel Oliveira e Susy Freitas, autora do livro.  Os convidados especiais do evento também estão definidos: o professor universitário e coordenador do Cine & Vídeo Tarumã, Tom Zé, o professor universitário, pesquisador e realizador audiovisual Gustavo Soranz, o jornalista cultural do A Crítica, Rosiel Mendonça, e a criadora do projeto literário ‘Vírgulas Cardeais’, Maria Cecília Costa.

“A proposta do evento é fazer um debate sobre o momento da crítica. Com as redes sociais e o YouTube, muitas vezes, o público acaba confundindo o que é opinião e o que é uma crítica, resenha de fato. Ajudar a esclarecer estas diferenças, conversar sobre a importância, relevância do crítico nos dias atuais e como se aprimorar nesta profissão passarão pela roda de conversa”, declara Caio Pimenta, editor-chefe do Cine Set. Haverá também um resgate histórico sobre críticos importantes da história do Amazonas.

SERVIÇO

O Quê: Roda de Conversa sobre Crítica de Cinema

Quando: Sábado, 22 de Junho

Horário: 15h30 às 17h30

Onde: Café com Texto, Rua Belo Horizonte, 1391, zona centro-sul de Manaus

Quanto: GRATUITO

LANÇAMENTO DO LIVRO DO CINE SET!

Antes da roda de conversa, o Cine Set lança o livro ‘Cine Set e a Crítica Cinematográfica do Amazonas’ nesta quarta-feira (19). A noite com a sessão de autógrafos acontece a partir das 19h30, no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, 279, no Centro de Manaus.

O livro é uma coletânea das melhores críticas e entrevistas produzidas no site de cinema produzido em Manaus. A obra apresenta, na introdução, uma breve trajetória da crítica cinematográfica no Amazonas. Os primeiros passos do gênero textual na primeira metade do século XX passando pela realização da revista ‘Cinéfilo’, de José Gaspar aos programas radiofônicos comandados por Ivens Lima e Joaquim Marinho até o lançamento do Cine Set serão abordados.

Em seguida, o público poderá ver uma coletânea dos melhores textos do Cine Set. Críticas de filmes locais como “Formas de Voltar Para Casa”, de Rafael Ramos, e “Os Monstros”, de Bernardo Abinader dividem espaço com análises de longas nacionais e internacionais como “O Som ao Redor”, “O Processo”, “Django Livre”, “Corra”, entre outros. As entrevistas feitas pelo site com nomes como Fernanda Montenegro, Jean Claude-Bernadet, Anna Muylaert, Márcio Souza, Tom Zé, Othon Bastos, e Pablo Villaça também terão destaque no livro.

Aberto ao público, o lançamento do livro contará com a presença de todos os integrantes do Cine Set para a noite de autógrafos e coquetel. Cada livro será vendido por R$ 30 na noite do evento. Conforme previsto no edital, 25 cópias serão entregues à Manauscult . O site prevê também doação do livro para universidades e escolas de artes de Manaus.

SERVIÇO

O Quê: Lançamento Livro do Cine Set

Quando: Quarta-Feira, 19 de Junho

Horário: 19h30 às 21h00

Onde: Casarão de Ideias, na Rua Barroso, 279, Centro de Manaus

Quanto: R$ 30 (o livro)

Keila Serruya: ‘Desejo Mudar a Realidade de Apagamento do Negro em Manaus’

Sabe aquela expressão “Dentro de toda brincadeira, há um pouco de verdade”? Esse ditado popular poderia ser a resposta ao meme “o brasileiro tem memória curta”. Entre mitos e falácias, é notável o quanto ainda há muitos fatos que são obscuros aos livros de história...

Allan Deberton: ”Pacarrete’ está entrando na cultura pop’

Allan Deberton viveu um 2019 intenso. O primeiro longa-metragem da carreira, “Pacarrete”, fez uma vitoriosa carreira pelo circuito de festivais brasileiros e internacionais com destaque para a conquista no Festival de Gramado, onde dominou a premiação ao levar...

Marcélia Cartaxo: ‘’Pacarrete’ está presente em cada um de nós’

Estrear no cinema dirigida por Suzana Amaral em uma adaptação da obra de Clarice Lispector com apenas 22 anos de idade. Marcélia Cartaxo não se intimidou e realizou uma das mais belas atuações do cinema brasileiro em “A Hora da Estrela”. O trabalho rendeu o prêmio de...

Diego Medeiros e o Direito no campo do audiovisual brasileiro

Em 1997, “Baile Perfumado”, de Lírio Ferreira e Paulo Caldas, deu início a uma nova etapa do cinema pernambucano. Dali por diante, o Estado tornou-se um dos mais prolíficos do país com muitas das melhores obras da produção autoral brasileira. O sucesso comercial e em...

Sandino Saravia: incertezas no cinema do Brasil refletem nas coproduções na Am. Latina

“Boi Neon”, “Divino Amor”, “Pássaros de Verão”, “O Banheiro do Papa” e “Roma”. Estes são alguns dos filmes produzidos por Sandino Saravia. Sócio-produtor na CINEVINAY (México) e Malbicho Cine (Uruguai), ele foi um dos convidados do Mercado Audiovisual do Norte –...

Jorane Castro: da defesa do cinema nacional às identidades amazônicas nas telas

O Mercado Audiovisual do Norte – Matapi teve Jorane Castro como uma das principais convidadas da edição 2019. Professora do curso em Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Pará, ela conta com mais de 20 obras realizadas, entre...

Raphael Montes: ‘o caso Richthofen reflete a estrutura social do Brasil’

com apoio de João Bosco Soares Sete livros publicados, uma novela, uma série da TV Globo, outra da Netflix e incursões cada vez mais intensas no cinema, seja com o elogiado roteiro de “Praça Paris”, dirigido por Lucia Murat, ou o aguardado projeto, com dois filmes em...

Thiago Morais e as oficinas de audiovisual do Museu Amazônico

Thiago Morais ("A Estranha Velha que Enforcava Cachorros"), 43 anos, produtor audiovisual e desde 1995 dedicando sua vida por trás das câmeras. Com o currículo cheio e envolvimento em diversas produções aqui no Amazonas, o produtor desenvolveu a segunda etapa do ‘OPA...

Henry Grazinoli: ‘histórias são as ferramentas de comunicação mais poderosas existentes’

No começo desta semana, o cineasta paulista Henry Grazinoli esteve em Manaus ministrando uma palestra no Impact Hub sobre Storytelling e o impacto social do ato de contar histórias no cinema. Grazinoli é o diretor do ótimo documentário Um Novo Capitalismo, disponível...

Tizuka Yamazaki: Ancine, Gaijin, e, é claro, Xuxa

A cineasta gaúcha Tizuka Yamazaki já retratou no cinema protagonistas que saíam do interior para a “cidade grande” para realizar sonhos e também já levou para as telas a vida de uma pajé na Ilha de Marajó. Essas histórias resultaram em “Lua de Cristal” e “Encantados”,...