A comédia “I Don’t Feel at Home in This World Anymore”, protagonizada por Elijah Wood, recebeu no sábado o principal prêmido do Festival de Sundance, criado por Robert Redford.

O longa-metragem, produzido pelo Netflix e primeiro filme dirigido pelo ator Macon Blair, recebeu o Grande Prêmio do Júri para os filmes americanos.

Elijah Wood interpreta um fã de heavy metal e artes marciais, vizinho de uma enfermeira (Melanie Lynskey) que não aguenta mais a maldade das pessoas e fica muito mal quando roubam sua casa.

O filme é uma comédia de humor negro, que lembra um pouco o estilo de Quentin Tarantino e dos irmãos Coen.

A cerimônia de premiação deste ano começou com uma referência ao decreto anti-imigração do presidente Donald Trump contra sete países de maioria muçulmana.

A diretora executiva do festival, Keri Putnam, saudou os “artistas dos países de maioria muçulmana” que compareceram este ano ao festival.

Entre os outros premiados este ano estão “Dina”, de Dan Sickles e Antonio Santini, na categoria documentário americano, “The Nile Hilton Incident”, do sueco Tarik Saleh, na categoria filmes do mundo, e “Last Men in Aleppo”, de Firas Fayyad, sobre os voluntários nos regates na Síria, na categoria documentário estrangeiro.

Os prêmios do público foram atribuídos a “Crown Heights”, de Matt Ruskin, como melhor filme americano, e “Chasing Coral”, como melhor documentário americano.

da Agência France Press