A Netflix está nos preparativos finais de “The Other Side of the Wind”, o último longa da carreira de Orson Welles. A produção inacabada e inédita do mestre responsável pelo clássico “Cidadão Kane” está sendo finalizada pelos produtores Frank Marshall e Filip Jan Rymsza com o auxílio do cineasta e integrante do elenco Peter Bogdanovich. Para a trilha sonora, o filme terá o mestre francês Michel Legrand. As informações são do site da Variety.

Legrand é vencedor de três Oscars na categoria de Melhor Trilha Sonora: “Crown, o Magnífico” (1969), “O Verão de 42” (1972) e “Yentl” (1984). O compositor já trabalhou com Orson Welles, justamente no último longa de ficção finalizado da carreira do cineasta: “Verdades e Mentiras”, de 1973. Desde dezembro do ano passado, ele está produzindo a trilha de “The Other Side of the Wind”. A orquestra iniciou as gravações na Bélgica nesta segunda-feira, enquanto os músicos de jazz encerrarão a semana em Paris.

“The Other Side of Hope” é uma sátira sobre Hollywood focada nos últimos dias de um lendário diretor chamado Jake Hannaford. Interpretado por John Huston, o protagonista tenta fazer uma retomada triunfal na carreira. O elenco traz nomes como Peter Bogdanovich, Oja Kodar, Robert Random, Lilli Palmer, Edmond O’Brien, Cameron Mitchell, Mercedes McCambridge, Susan Strasberg, Norman Foster, Paul Stewart e Dennis Hopper.

Orson Welles gravou o filme durante cinco anos, mas, nunca chegou a finalizá-lo. O cineasta deixou uma série de anotações sobre a forma como pretendia montar o projeto. Além de ajudar na finalização do trabalho, o Netflix terá direito sobre a distribuição no mundo inteiro do longa. O serviço de streaming pretende lançar a produção no fim deste ano.

Facebook Comments