Tema recente de mesa-redonda do Cine Set, a situação das mulheres na indústria cinematográfica foi duramente criticada pela atriz Emma Thompson e gerou polêmica. Segundo a vencedora do Oscar, “o sexismo e o dissabor [pelas trabalhadoras mulheres] nunca esteve pior” no meio.

Em entrevista ao Radio Times, Thompson não teve papas na língua ao comentar a situação. “Não acho que tenha havido alguma melhora significativa, e para as mulheres, a questão de como deve ser a aparência delas é ainda pior do que quando eu era jovem. Então eu não estou nem um pouco impressionada. Eu acho que está uma completa bosta, na verdade“, disparou a atriz.

Emma Thompson, que tem atualmente 56 anos,  comentou ainda alguns momentos difíceis na carreira. Dentre eles, destacou os vários papeis que recusou após os 30 anos, por basicamente serem “o da mulher que quer tentar impedir o herói homem a não fazer algo”. Também relembrou um episódio durante as filmagens de “Razão e Sensibilidade” (1995), filme pelo qual ganhou um Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e no qual atuou, quando o diretor Ang Lee lhe pediu para “não parecer tão velha” numa cena.

O próximo trabalho de Emma Thompson no cinema será interpretar uma prostituta de 77 anos no filme “The Legend of Barney Thomson“. Sobre a discrepância entre sua idade real e a da personagem, ela afirmou: “Há um pouco de preconceito de idade aí. Seria ótimo que uma atriz de 77 anos pudesse interpretá-la, mas é um ótimo papel cômico e eu não resisti a aceitá-lo”.

Facebook Comments