O estúdio Warner Bros. divulgou que está preparando um novo “O Fugitivo”, mas o anúncio enigmático da grande produtora de cinema não especificou se o novo filme será uma mais uma continuação do longa de 1993 ou se será uma refilmagem. O estúdio também não confirmou se os astros do filme original, os atores Harrison Ford e Tommy Lee Jones, estarão na produção. A roteirista Christina Hodson já foi contratada para roteirizar o projeto.

“O Fugitivo” foi um grande sucesso para a Warner Bros. nos anos 1990. Era a adaptação para o cinema do famoso seriado dos anos 1960 estrelado por David Jensen. O ator interpretava o doutor Richard Kimble, acusado injustamente do assassinato da esposa. Ele escapava da prisão e saía pelo país em busca do homem de um braço só, que havia cometido o assassinato, enquanto era perseguido pelo agente Sam Gerard. O episódio final de “O Fugitivo” foi, na época, assistido por metade da população estadunidense que possuía um aparelho de TV em casa, o que dá ideia do sucesso do programa.

No filme de 1993, Ford interpretou Kimble e Gerard foi vivido por Jones – a interpretação intensa do ator lhe rendeu, com justiça, o Oscar de Ator Coadjuvante daquele ano. “O Fugitivo” conseguiu até ser indicado a Melhor Filme naquela cerimônia. O filme arrecadou 369 milhões de dólares mundialmente, e alguns anos depois ele ganhou uma “semi-continuação”, com o agente Gerard de Jones reaparecendo em “U.S. Marshals: Os Federais” (1998). O filme era co-estrelado por Wesley Snipes e Robert Downey Jr.

O novo “O Fugitivo” deverá chegar às telas em 2017.

Facebook Comments