Os dramáticos últimos 30 dias de vida de Tancredo Neves e o perigo de um retrocesso da redemocratização do Brasil serão as temáticas de “O Paciente”. O filme será dirigido por Sérgio Rezende, responsável por importantes filmes do cinema nacional como, por exemplo, “Lamarca”, “Guerra de Canudos” e “Salve Geral”. As informações são do jornalista da Folha de São Paulo, Guilherme Genestreti, na coluna ‘Sem Legenda’.

Com gravações previstas para terem início neste segundo semestre, “O Paciente” será baseado no livro homônimo de Luiz Mir. A ação vai ser ambientada, em grande parte, nos últimos 30 dias dentro do hospital onde Tancredo ficou internado em 1985.

De acordo com Sérgio Rezende, a produção será um thriller para mostrar os duelos da equipe de médicos de Tancredo Neves. O elenco do drama ainda não está definido.

Facebook Comments