Mais conhecido pela atuação em filmes como “Os Amantes Passageiros’, Raúl Arévalo teve uma estreia arrebatadora como diretor. O primeiro longa da carreira, “Tarde Para la Ira” recebeu o prêmio de Melhor Filme no Goya 2017 e de Melhor Filme de Cineasta Estreante, além de ganhar nas categorias de Melhor Roteiro Original e Ator Coadjuvante com Manolo Solo. A cerimônia organizada peloa Academia Espanhola de Cinema aconteceu na noite deste sábado (4). As informações são do site da Variety.

O sucesso de bilheteria “Sete Minutos Depois da Meia-Noite” não saiu de mãos vazias: Juan Antonio Bayona ganhou como o Melhor Diretor. A produção ainda ganhou outras oito estatuetas. Outro recordista de indicações, “El Hombre de las mil Caras”, teve 11 nomeações e venceu em duas: Melhor Roteiro Adaptado e Ator Revelação com Carlos Santos.

Destaque no último filme de Pedro Almodóvar, Emma Suárez recebeu a estatueta de Melhor Atriz por “Julieta” e também de Melhor Atriz Coadjuvante por “La Propera Pell”, enquanto Roberto Alamo ganhou como Melhor Ator por “Que Dios nos Perdone”. Já Anna Castillo se sagrou a atriz revelação por “El Olivo”.

Entre os estrangeiros, o francês “Elle” ganhou como Melhor Filme Europeu e o argentino “O Cidadão Ilustre” recebeu a estatueta de Melhor Filme Ibero-Americano. O Goya 2017 homenageou a cantora e atriz espanhola Ana Belén com o prêmio honorário.

Facebook Comments