“Asura”, o filme mais caro produzido pelo cinema chinês, foi retirado das salas após uma decepcionante estreia no fim de semana passado.

O filme, uma fantasia de aventuras mágicas baseadas na mitologia budista, teve um orçamento de produção de 750 milhões de iuanes (cerca de R$ 432 milhões).

No entanto, durante o fim de semana de estreia, arrecadou cerca de 49 milhões de iuanes (US$ 7,3 milhões) nas salas de cinema do país asiático, inclusive apesar de grande campanha de promoção.

Os produtores anunciaram a retirada do filme através de redes sociais, mas não detalharam os motivos, apesar de terem pedido desculpas aos espectadores que não tiveram a oportunidade de assisti-lo.

O filme, na qual trabalharam cerca de 2,5 mil pessoas e foi rodado na China, com mais de um ano de pós-produção nos Estados Unidos, tinha entre as produtoras a Alibaba Pictures, filial cinematográfica do gigante do comércio eletrônico Alibaba.

da Agência EFE

Facebook Comments