Independente de qual lado político a pessoa esteja, “Polícia Federal – A Justiça é Para Todos” promete ser um dos filmes mais polêmicos do cinema nacional em 2017. Com estreia prevista para julho, a produção será baseada na Operação Lava-Jato, mostrando os principais fatos do caso até o momento. E uma das cenas chaves da produção será rodada em pleno carnaval: a condução coercitiva do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva ao prédio da PF no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. As informações são do site Estadão.

Ary Fontoura será o intérprete do ex-presidente Lula no filme, enquanto o delegado da PF responsável pela condução vai ser vivido por João Baldesserini. Segundo o produtor Tomi Blazac, a sequência será gravada na Marginal Pinheiros e Avenida Paulista, encenando todo o processo de deslocamento do comboio até Guarulhos. As filmagens serão feitas na véspera do Carnaval e marcarão o término desta etapa da produção.

Para o Estadão, Blazac negou que as filmagens foram paralisadas após a prisão de Eike Batista. O produtor negou que o empresário tenha feito parte do investimento de R$ 14,8 milhões para a realização de “Polícia Federal – A Justiça é Para Todos”.

Facebook Comments