A história de Luiz Martins de Souza Dantas será levada para as telas do cinema. Pouco conhecido do público em geral, o embaixador brasileiro foi responsável por salvar a vida de centenas de pessoas perseguidas por Adolf Hitler durante a Segunda Guerra Mundial.

Com direção do estreante Luiz Fernando Goulart, “Querido Embaixador” é protagonizado por Norival Rizzo. A produção começa no período em que Luiz Martins ocupava o cargo de embaixador na capital italiana, onde se tornou amigo de Mussolini.  Em 1922, ele exerce a mesma função em Paris e se divide entre o prestígio no Itamaraty com uma vida social intensa, na quais vive cercado de pessoas influentes e belas mulheres.

Com o início da Segunda Guerra, ele vira um diplomata aguerrido, que contraria as ordens do governo Vargas, inicialmente alinhado aos nazistas, e segue burlando a burocracia brasileira e emitindo passaportes diplomáticos que permitiram a fuga de judeus, comunistas, artistas e outros grupos perseguidos por Hitler. Dessa forma, salvou centenas de pessoas, mas foi relegado ao ostracismo por iniciativa de Getúlio, que impediu maior repercussão da história da imprensa nacional. Com a queda do Estado Novo, comandou a delegação brasileira na primeira Assembleia Geral da ONU, sendo o primeiro brasileiro a discursar na organização.

Baseado no livro “Quixote nas Trevas”, do historiador Fabio Koifman, o filme já foi inteiramente gravado e conta ainda no elenco com Felipe Rocha e Isio Ghelman. A data de estreia nos cinemas nacionais não foi divulgada.

Facebook Comments