Caio Pimenta analisa quais produções e atores deveriam vencer o Globo de Ouro nas seguintes categorias: Melhor Filme de Drama e Comédia/Musical, Ator, Atriz, Coadjuvantes, Direção, Roteiro, Animação e Filme Estrangeiro.

Em Melhor Filme Estrangeiro, por mais que considere Parasita um filmaço com uma história repleta de reviravoltas muito bem construídas, vou torcer em vão para o Dor e Glória. É o melhor filme do Almodóvar desde “Fale com Ela” e é interessante porque, ao mesmo tempo, em que você entra na alma do diretor você consegue captar ainda mais a essência do cinema dele. É uma obra belissíma.

Em Melhor Animação, eu vou fugir um pouquinho da Disney, Pixar para ficar com “Como Treinar Seu Dragão 3”. Não que a franquia seja uma maravilha, mas, foi bastante regular enquanto durou. Mas, a verdade é uma só: desde que “O Rei Leão” não vença, para mim, já tá ótimo.

O meu voto para melhor roteiro vai para O Irlandês. Isso porque o texto do Steve Zaillan consegue ser extremamente conciso, fornecer um amplo retrato histórico do jogo de poder e das tensões sociais dos EUA e desenvolver grandes personagens. É um trabalho monstruoso.

Nos coadjuvantes, eu vou ficar com os favoritos: o Brad Pitt e a Laura Dern. O Brad Pitt é um dos atores com uma das carreiras mais sólidas do cinema americano sendo um dos pontos altos do excelente “Era uma vez em Hollywood”. Já Laura Dern que durante muito tempo não conseguia bons papéis no cinema e, agora, está em uma fase brilhante, fora que a última cena dela em “Histórias de um Casamento” é genial.

Nas atuações de comédia/musical, eu fico com os azarões: Eddie Murphy, em Meu Nome é Dolemite, e a Bernie Feldstein, de “Fora de Série”. Apesar de ter feito muito filme ruim, o Eddie Murphy, quando está em bons projetos, é excelente. Fora que premiá-lo pode ser um prêmio de consolação, pois, dificilmente, ele será indicado ao Oscar. Já Bernie Feldstein está em um filme que merece descoberto por mais gente: “Fora de Série” é extremamente corajoso, ousado e muito, muito engraçado. E a Bernie é, sem dúvida, uma das melhores coisas do filme.

Entre os protagonistas de filmes dramáticos, daria os prêmios para o Joaquin Phoenix, de “Coringa”, e a Scarlett Johansson, de “História de um Casamento”. A Scarlett já fazia muito tempo merecia este reconhecimento da temporada de premiações, além do que, ninguém merece mais uma atuação de cinebiografia saindo vencedora. E o Joaquin Phoenix consegue fazer um Coringa à altura do Heath Ledger. Precisa dizer mais alguma coisa?

Na categoria de Melhor Direção, minha torcida é para o Bong Joon-Ho, “Parasita”. Principalmente, porque seria inacreditável um cara com um filme da Coreia do Sul vencer monstros sagrados como Scorsese e também o Tarantino. Seria para fazer história total!

E nos prêmios principais, para mim, “Era uma vez em Hollywood” tem que levar em Melhor Filme Comédia/Musical e “O Irlandês” em drama.

Globo de Ouro 2020: Nova Batalha Netflix x Hollywood?

Caio Pimenta analisa as conquistas de "1917" e "Era uma vez em Hollywood" no Globo de Ouro 2020, além de uma nova batalha entre os estúdios e a Netflix na temporada de premiações. https://www.youtube.com/watch?v=n1Ysvz4rxsQ Foi bem interessante este Globo de Ouro,...

Globo de Ouro 2020: ‘Era uma vez em Hollywood’ é o grande vencedor com 3 prêmios

“Era uma vez em Hollywood” foi a produção mais premiada do Globo de Ouro 2020: o longa de Quentin Tarantino venceu em três categorias – Melhor Filme Comédia/Musical, Melhor Ator Coadjuvante com Brad Pitt e Melhor Roteiro. A cerimônia aconteceu na noite deste domingo,...

Globo de Ouro 2020: ‘1917’ derrota Netflix e vence Melhor Filme de Drama

“1917” se sagrou o grande vencedor do Globo de Ouro 2020 e venceu em Melhor Filme de Drama. Com isso, o projeto ambientado na Primeira Guerra Mundial conquistou dois prêmios importantes - também venceu em Melhor Direção com Sam Mendes.  A vitória de “1917” coloca a...

Globo de Ouro 2020: Renée Zellweger garante prêmio de Melhor Atriz em Drama

Como já era mais do que esperado, a Renée Zellweger vence o prêmio de Melhor Atriz em Filmes Dramáticos do Globo de Ouro 2020. Essa é quarta estatueta dela no evento: venceu anteriormente por “A Enfermeira Betty”, “Chicago” e “Cold Mountain”....

Globo de Ouro 2020: Joaquin Phoenix conquista Melhor Ator em Drama

Para a felicidade de uma grande parte do público, Joaquin Phoenix leva o Globo de Ouro 2020 de Melhor Ator de Drama por “Coringa”. Este é o segundo prêmio da carreira do ator no evento: a primeira vez aconteceu em 2006 com “Johnny & June”....

Globo de Ouro 2020: ‘Era uma vez em Hollywood’ vence Melhor FIlme Comédia/Musical

“Era uma vez em Hollywood” venceu sem dificuldades o Globo de Ouro de Melhor Filme Comédia/Musical. Essa é a primeira vez que uma produção do Tarantino leva o prêmio principal da festa. https://youtu.be/_wpSuNXF4No Cá entre nós, diferente do que ocorre em Melhor...

Globo de Ouro 2020: Awkwafina premiada em Melhor Atriz Comédia/Musical

Deu a lógica: a Awkwafina venceu o prêmio de Melhor Atriz Comédia/Musical por “The Farewell”. Este é a segunda conquista dela nesta temporada de premiações: ela já levou a estatueta de Melhor Atriz do Gothan Awards. https://youtu.be/n3lGB_7aSWQ A vitória aqui no Globo...

Globo de Ouro 2020: Taron Egerton vence Melhor Ator Comédia/Musical

Nem Leonardo DiCaprio, muito menos Eddie Murphy: o ganhador do prêmio de Melhor Ator Comédia/Musical do Globo de Ouro 2020 é Taron Egerton. Esta é a primeira conquista do protagonista de “Rocketman” no evento. https://youtu.be/bsAV7BuIWfU Por mais que a minha torcida...

Globo de Ouro 2020: Brad Pitt leva prêmio de Melhor Ator Coadjuvante

Sem surpresas, Brad Pitt conquista o segundo Globo de Ouro da carreira em Melhor Ator Coadjuvante. Desta vez, por “Era uma vez em Hollywood”. Assim, ele vai consolidando o caminho para vencer pela primeira vez o Oscar como ator, é claro – ele já venceu Melhor Filme...

Globo de Ouro 2020: ‘Fleabag’ e HBO dominam prêmios de TV

A Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood resolveu não surpreender muito e deu os principais prêmios de televisão para as séries mais elogiadas do ano. “Fleabag” dominou entre as comédias, levando o prêmio principal e também Melhor Atriz para...