O filme mais polêmico da Retomada do Cinema Brasileiro vai ganhar as salas de exibição do país. Em entrevista ao UOL, Guilherme Fontes anunciou a estreia de “Chatô” para o dia 19 de novembro. “Comecei a distribuir o filme sozinho e já chegamos a 150 cópias digitais. Devo me associar a outros distribuidores e talvez a gente possa chega a mais cópias”, afirmou o cineasta.

Segundo Guilherme Fontes, quatro sessões de “Chatô” chegaram a ser realizadas para exibidores neste ano. “As pessoas acharam que o filme estaria envelhecido, que a fotografia já era, mas é um filme novo. Os atores estão mais jovens, sim, mas nada disso interfere negativamente. É um alívio lançar este filme porque agora ele pode falar por si”, disse.

Rodado em 1999, “Chatô” passou por problemas nas prestações de contas com Guilherme Fontes sendo condenado a devolver R$ 71 milhões aos cofres públicos. A produção é estrelada por Marco Ricca e Paulo Betti.

Facebook Comments