Vindo dos sucessos de “Logan” e “O Rei do Show”, Hugh Jackman está prestes a fechar acordo para mais um novo trabalho. O australiano negocia para viver o agente da CIA, Robert Ames, no suspense de espionagem “The Good Spy”. Responsável por filmes como “Evereste” e o futuro “Vidas à Deriva”, Baltasar Kormákur deve ser o diretor do projeto. As informações são do site da Variety.

Baseado no livro de não-ficção “The Good Spy: The Life and Death of Robert Ames”,”The Good Spy” mostra a história do espião da CIA especialista em quebrar barreiras e fazer importantes alianças no Oriente Médio. Ele acabou sendo morto em um ataque à bomba na embaixada de Beirute, em 1983. O túmulo dele no Cemitério Nacional de Arlington é um dos poucos com os dizeres CIA. A proposta do filme com roteiro de F. Scott Frazier é focar na carreira e na vida pessoal dele.

Antes de “The Good Spy”, Hugh Jackman será visto nos cinemas em outros dois projetos: “Broadway 4D” e “The Front Runner”. Por este projeto dirigido por Jason Reitman em que vive um político vivendo um escândalo pessoal em plena campanha eleitoral, ele pode concorrer ao Oscar 2019. Já Baltasar Kormákur lança “Vidas à Deriva” no dia 9 de agosto nos cinemas do Brasil.

Facebook Comments