A I Jornada “Os Cinemas dos Países Lusófonos: Brasil, Portugal, África Lusófona e Suas Matizes” acontece em Manaus entre os dias 3 e 5 de dezembro na Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Aberto ao público em geral, o evento conta com organizadores do Amazonas, Rio de Janeiro e Portugal e tem como objetivo discutir a produção cinematográfica dos países de língua portuguesa.

Oficinas, mesas-redondas e até mesmo o lançamento de um novo Laboratório de Cinema e Vídeo (LCV) do curso de Tecnologia em Produção Audiovisual da UEA constam na programação da Jornada. A exibição de filmes produzidos em países de língua portuguesa também são uma atração, com debate entre público e alguns dos realizadores das obras selecionadas na curadoria.

Na quarta-feira, 3 de dezembro, começa às 15h45 a solenidade de abertura e a primeira mesa-redonda do evento. Os convidados Luciane Páscoa (UEA) e Leandro Mendonça (UFF/UERJ) debaterão o tema central da Jornada, com a moderação de Jorge Cruz (UERJ). Após coffee break, os filmes “O manuscrito perdido” (2010), de José Barahona será exibido.

Na quinta-feira, 4, as atividades iniciam às 16h com mesa-redonda moderada por Leandro Mendonça (UFF/UERJ) e os debatedores Danielle Ellery (UERJ) e Susy Freitas (FMF/site Cine Set). Logo após, o curta-metragem “Identidades em trânsito (2007), de Danielle Ellerye Márcio Câmara, e o longa “Virgem Margarida” (2013), de Licínio Azevedo serão exibidos e debatidos com os realizadores.

Terminando a Jornada, na sexta-feira, 5, Abrahim Baze (UEA) modera a mesa-redonda composta por Zeudi Souza (UEA), Nay Araújo (UERJ) e Gustavo Soranz (Uninorte), com a exibição dos filmes “Assim estamos livres” (2010), de Silvia Vieira, e “Timor LoroSae” (2001), de Lucélia Santos, finalizando com debate aberto ao público.

Para mais informações, acesse o site da UEA.

Facebook Comments