Nem “Pantera Negra”, muito menos “Os Vingadores: Guerra Infinita”: a liderança absoluta nas bilheterias mundiais de todos os tempos ainda permanece com “Avatar”. Por isso, James Cameron sabe muito bem da responsabilidade com as sequências do longa previsto para chegarem aos cinemas a partir de 2020. Em participação de um evento realizado em Sydney, o cineasta promete trazer mudanças tecnológicas impactantes para a Sétima Arte. As informações são do site The Playlist.

“Os filmes terão o melhor do 3D possível. Isso inclui colaboração com pessoas ligadas ao Dolby Cinema que desenvolveram projeção de alta faixa dinâmica que poderia colocar 16 lamberts de luz em uma tela 3D através dos óculos, o que é revolucionário. Normalmente, você está olhando para cerca de três pés lamberts. Dezesseis é o que você deveria estar vendo. É assim que os filmes devem ser”, afirmou Cameron, garantindo que as continuações de “Avatar” serão suntuosas.

O primeiro “Avatar” acompanhava a história de Jake Sully (Sam Worthington), sujeito que ficou paraplégico após um combate na Terra. Ele é selecionado para participar do programa Avatar em substituição ao seu irmão gêmeo, falecido. Jake viaja a Pandora, uma lua extraterrestre, onde encontra diversas e estranhas formas de vida. O local é também o lar dos Na’Vi, seres humanóides que, apesar de primitivos, possuem maior capacidade física que os humanos. Os Na’Vi têm três metros de altura, pele azulada e vivem em paz com a natureza de Pandora. Os humanos desejam explorar a lua, de forma a encontrar metais valiosos, o que faz com que os Na’Vi aperfeiçoem suas habilidades guerreiras. Como são incapazes de respirar o ar de Pandora, os humanos criam seres híbridos chamados de Avatar. Eles são controlados por seres humanos, através de uma tecnologia que permite que seus pensamentos sejam aplicados no corpo do Avatar. Desta forma Jake pode novamente voltar à ativa, com seu Avatar percorrendo as florestas de Pandora e liderando soldados. Até conhecer Neytiri (Zoe Saldana), uma feroz Na’Vi que conhece acidentalmente e que serve de tutora para sua ambientação na civilização alienígena.

Facebook Comments