Principal lançamento da semana nos cinemas americanos e brasileiros, “Megatubarão” chega com a promessa de muita aventura debaixo da água para os fãs de filmes de ação. Estrela do elenco, Jason Statham admitiu que esperava ver mais sangue e violência do que o público terá na versão final do longa. As informações são do site da Indiewire.

Em entrevista ao site Collider, Statham revelou que o roteiro original de “Megatubarão” era totalmente diferente. “Em alguns momentos (vendo o filme), você fica ‘como isso aconteceu? Como aquilo se transformou nisso? É radicalmente diferente. Acho que, de alguma forma, a sua imaginação e sua própria percepção do que vai ser é o seu pior inimigo”, declarou.

O astro considera que o público vai se divertir por ser um ‘empolgante filme de verão’, mas, lamenta a ausência de determinados elementos. “Você fica se perguntando ‘onde diabos está todo o sangue? Tem um tubarão aí'”. Segundo o diretor Jon Turteltaub, o motivo para retirar toda a violência gráfica foi um pedido da Warner Bros. A ideia era evitar uma classificação indicativa muito alta, o que poderia custar a presença do lucrativo público adolescente.

“Megatubarão” inicia com um submarino de águas profundas – parte de um programa internacional de observação subaquática – sendo atacado por uma criatura gigantesca, que se pensava estar extinta. Agora, ele se encontra incapacitado no fundo da fossa mais profunda do Oceano Pacífico… com a tripulação presa dentro dele. Com o tempo se esgotando, o mergulhador especializado em resgates em águas profundas Jonas Taylor é recrutado por um visionário oceanógrafo chinês, contra a vontade de sua filha Suyin, para salvar a tripulação – e o próprio oceano – desta ameaça incontrolável: um tubarão pré-histórico com mais de 20 metros de comprimento conhecido como Megalodon. O que ninguém poderia imaginar é que, anos antes, Taylor já havia encontrado esta mesma criatura aterrorizante. Agora, junto com Suyin, ele deve confrontar seus medos e arriscar sua própria vida para salvar todos os tripulantes… ficando frente a frente com o maior e mais poderoso predador de todos os tempos.

Facebook Comments