Jessica Chastain, Marion Cotillard, Penelope Cruz, Fan Bingbing e Lupita Nyong’o. Este será o incrível elenco de “355”, suspense de espionagem com direção de Simon Kinberg e roteiro de Theresa Rebeck. A ideia é que a produção seja o início de uma franquia e visa mudar o gênero com predominância masculina. As informações são do site Deadline.

“355” vai trazer a história da reunião de agentes secretas para deter uma organização global que adquire uma arma capaz de colocar o mundo inteiro no caos. Apesar de diferenças culturais e políticas, elas vão trabalhar juntas para deter os vilões. O quinteto de protagonistas estará no Festival de Cannes para divulgar o projeto.

Nome fundamental do movimento feminista em Hollywood, Jessica Chastain teve a proposta do longa e convenceu Simon Kinberg a aceitar o filme enquanto trabalhavam em “X-Men: Fênix Negra”. “Foi muito divertido trabalhar em “Histórias Cruzadas” e eu sempre quis voltar a fazer um longa com um elenco totalmente feminino. Amo as franquias “Bourne”, “Missão Impossível” e, exceto por “As Panteras”, nunca tivemos uma obra de espionagem com time somente de mulheres. Deu tudo certo, inclusive, a ideia de escalar um time de mulheres de todas as partes do mundo”, declarou a atriz.

Trabalhar no polêmico “A Hora Mais Escura” despertou o interesse de Jessica Chastain em fazer um filme de espionagem. “Tivemos consultores no filme que possuíam bastante conhecimento no setor. O título (“355″) vem de uma das conversas que tive com ele. Agente 355 era o código para uma espiã durante a Revolução Americana. Ela foi uma das primeiras espiãs dos EUA e a identidade dela ainda é desconhecida. Para muitas mulheres que trabalham na CIA e em outras organizações do tipo, Código 355 é um termo universal para espiãs mulheres”, disse.

Simon Kinberg afirmou que a franquia “Jason Bourne” será uma inspiração para “355” e promete destacar não apenas uma pessoa e, sim, o elenco completo com cada personagem possuindo suas histórias de maneira complexa. Vamos mergulhar no mundo da espionagem atual. Há coisas que parecem saídas de James Bond ou filmes de ficção científica, mas, a realidade é que a tecnologia está muito avançada.

Facebook Comments