A produtora Blumhouse fez um anúncio surpresa nos seus escritórios neste dia 23 capaz de deixar os fãs do cinema de terror empolgados. A produtora, que está por trás de muitos dos filmes de terror recentes de sucesso, como as franquias  “Sobrenatural”, “Purge: Uma Noite de Crime” e “Atividade Paranormal”, revelou que vai desenvolver o novo capítulo da franquia “Halloween”, do icônico assassino Michael Myers.

Há alguns meses a produtora Dimension Films, que produziu os últimos filmes da franquia incluindo a refilmagem de Rob Zombie, perdeu os direitos sobre “Halloween” – noticiamos aqui. Pois esses direitos agora estão nas mãos da Blumhouse, que vai produzir o novo “Halloween” em parceria com a Trancas International e a Miramax Films. A Trancas pertence a Malek Akkad, filho do produtor do “Halloween” original, Moustapha Akkad.

Mas esta não foi a única novidade do anúncio. A Blumhouse também revelou que John Carpenter, diretor do primeiro “Halloween: A Noite do Terror” de 1978, vai ser produtor-executivo deste novo filme. Carpenter afirmou no anúncio: “38 anos depois do ‘Halloween’ original, vou tentar ajudar a fazer desta nova sequência a mais assustadora de todas”. Jason Blum, chefe da Blumhouse, também se pronunciou: “‘Halloween’ é uma das pedras fundamentais que inspirou a todos da nossa companhia a entrar no mundo dos filmes assustadores. Mal podemos esperar para encontrar o cineasta certo e colaborar com ele para dar aos fãs o filme que eles merecem”.

Blum ainda afirmou que conversações estão em andamento para que Carpenter também componha a trilha do novo filme, e que o orçamento do filme deverá ficar abaixo dos 15 milhões de dólares para manter controle criativo.

No momento John Carpenter encontra-se aposentado da atividade de cineasta, mas continua trabalhando como músico e vem lançando discos de música eletrônica no mesmo estilo minimalista e assustador das trilhas dos seus velhos filmes. O cineasta dirigiu o primeiro “Halloween” com um orçamento de 320.000 dólares, e o longa acabou se tornando o filme independente mais lucrativo da história do cinema, até ser batido por “A Bruxa de Blair” (1999) mais de 20 anos depois. Carpenter escreveu e produziu “Halloween 2: O Pesadelo Continua” (1981), depois produziu “Halloween 3: O Dia das Bruxas” (1982), e compôs as trilhas sonoras de ambos os filmes. O terceiro foi o único da série a contar uma história independente e a não mostrar o vilão Michael Myers, por isso foi um fracasso de bilheteria e marcou a despedida de Carpenter da franquia. Ao todo, já foram produzidos 10 filmes “Halloween” nestes quase 40 anos desde o lançamento do original.

O novo “Halloween” ainda não tem data marcada para chegar às telas, mas espera-se que esteja pronto para o dia das bruxas (31 de outubro) de 2017. Agora os produtores vão em busca de um diretor para o filme.

Facebook Comments