A atriz Julie Gayet, que não rodava um longa-metragem desde que no ano passado vazou na imprensa sua suposta relação com o presidente da França, François Hollande, voltará à grande tela com o filme “Merci pour votre collaboration”, de Pascal Elbé.

Segundo publicam os meios de comunicação franceses como “Le Figaro”, “Gala” e “Prémiere”, a atriz roda atualmente o filme em Tel Aviv (Israel), com Vincent Elbaz e Zabou Breitman como companheiros de elenco.

O novo trabalho de Gayet, de 42 anos, será uma comédia dramática com intriga inspirada no vigarista Gilbert Chilki, que se passou por um agente secreto francês após os atentados terroristas de Madri e Londres.

Trata-se do primeiro filme que Gayet roda desde “Les Âmes de papier”, filme de Vincent Lannoo que estreou no final de 2013, pouco antes de uma revista divulgar seu suposto romance com Hollande, relação não confirmada oficialmente.

A última aparição pública de Gayet, muito discreta desde o vazamento de sua proximidade com o presidente da França, foi quando entregou um prêmio na cerimônia dos César do cinema francês, no mês passado.

da Agência EFE

Facebook Comments