Arnaud Desplechin já trabalhou com grandes ícones do cinema europeu como Catherine Deneuve (“Um Conto de Natal”), Marion Cotillard e Charlotte Gainsbourg (“Os Fantasmas de Ismael“), além de ter em Mathieu Amalric um constante parceiro de trabalho. Agora, chegou a vez de Léa Seydoux (“Azul é a Cor Mais Quente“) aumentar a lista. As informações são do site The Playlist.

Além de Léa Seydoux, Sara Forestier também está escalada para o décimo longa-metragem da carreira de Desplechin. “Roubaix, une lumière” traz Roschdy Zem interpretando um policial tentando resolver o misterioso assassinato brutal de uma senhora por suas vizinhas viciadas em drogas a serem vividas pelas duas atrizes. A produção será ambientada em Roubaix, cidade natal do diretor.

Considerado um dos principais diretores do cinema francês da atualidade, Arnaud Desplechin traz no currículo longas como “A Sentinela”, “Reis e Rainha”, “Um Conto de Natal” e o recente “Os Fantasmas de Ismael”. Já Léa Seydoux está confirmada em outros quatro projetos: “Kursk”, “Death Stranding”, “The Story of My Life” e “HorseBoy”.

Facebook Comments