Há aproximadamente um mês, chegou aos cinemas a comédia “Não Se Aceitam Devoluções”, protagonizada por Leandro Hassum. A passagem do filme pelos cinemas já está quase no fim, mas os fãs do ator não ficarão muito tempo sem vê-lo nas telas. Em breve, serão lançados outros dois longas estrelados por ele: “Chorar de Rir” e “O Amor dá Trabalho”.

O primeiro parece brincar com uma das perguntas mais ouvidas por comediantes: se desejam interpretar também personagens dramáticos. Hassum é um deles, Nilo Perequê, e toma a decisão de abandonar o humor para encarnar figuras clássicas como Hamlet, de Shakespeare. A escolha, que não parecia tão complexa, o leva a uma grande aventura. O elenco, dirigido por Toniko Melo, conta com Otávio Müller, Natália Lage e Monique Alfradique.

Esta última também integra o casting de “O Amor dá Trabalho”. Neste, Hassum é Ancelmo, um funcionário público relapso que morre e, para não ir ao inferno, precisa cumprir uma missão: dar uma de cupido e unir um casal que, 12 anos antes, terminou após o noivo abandonar a noiva no altar. Flávia Alessandra e Bruno Garcia também estão no longa, que tem direção de Alê McHaddo.

Por fim, “Simonal”, a cinebiografia do cantor Wilson Simonal, fenômeno da MPB que teve ascensão e queda meteóricas na década de 1960, que deverá ser lançada em 2019. Nela, o ator encarna Carlos Imperial, produtor folclórico que lançou grandes nomes da música brasileira e marcou época na cena cultural brasileira com seu jeito escrachado. No filme, Hassum contracena com Fabrício Boliveira e Ísis Valverde.

do site da Globo Filmes

Facebook Comments