O aguardado e polêmico “Aquarius” não será lançado em Manaus na próxima quinta-feira (1), data do lançamento nacional do filme estrelado por Sônia Braga. A confirmação veio após a divulgação das programações dos cinemas das redes Cinépolis, Playarte, Cinemark, UCI e Kinoplex.

O filme tem chances de chegar às telas de Manaus: “Aquarius” venceu a segunda enquete da Campanha por Filmes Alternativos na cidade, iniciativa apoiado pelo Cine Set. O resultado está com a equipe do projeto Cinema de Arte para que o longa estreie no Cinépolis do Shopping Ponta Negra.

“Aquarius” está sendo alvo de intensa polêmica. Tudo começou após o protesto da equipe do filme contra o impeachment de Dilma Rousseff no tapete vermelho do Festival de Cannes. Em seguida, o diretor Kleber Mendonça Filho questionou a presença do crítico Marcos Petrucelli na comissão do Ministério da Cultura para a escolha do representante do Brasil no Oscar. O motivo foram as críticas feitas por Petrucelli pelo posicionamento político no evento francês. Para completar, “Aquarius” recebeu classificação indicativa de 18 anos do Ministério da Justiça, o que gerou rumores de censura.

Ambientado em Recife, “Aquarius” traz a história de Clara (Sonia Braga), jornalista de 65 anos aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife, onde criou seus filhos e viveu boa parte de sua vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

Facebook Comments