Os cinéfilos de Manaus não poderão ver “Dor e Glória” nos cinemas neste fim de semana. A cidade ficou fora do lançamento nacional do novo filme de Pedro Almodóvar, marcado para esta quinta-feira (13). Este é o primeiro filme do cineasta espanhol a não ser lançado por aqui desde “A Má Educação”, de 2004.

“Dor e Glória” acompanha uma série de reencontros de Salvador Mallo, um diretor de cinema em declínio. Alguns físicos, outros de suas lembranças: sua infância nos anos 60, quando ele emigrou com os pais para Paterna, uma cidade de Valência em busca de prosperidade, o primeiro desejo, seu primeiro amor adulto e em Madrid, nos anos 80, a dor do fim desse amor, quando ele ainda estava vivo e pulsante, a escrita como a única terapia para esquecer o inesquecível, a descoberta precoce do cinema e do vazio, o vazio imensurável diante da impossibilidade de seguir.

Lançado no Festival de Cannes deste ano, “Dor e Glória” rendeu o prêmio de Melhor Ator a Antonio Banderas. O elenco ainda conta com Penélope Cruz, Susi Sánchez, Leonardo Sbaraglia e Asier Etxeandia. O longa ainda não tem previsão de estreia em Manaus.

Filmografia Tim Burton: Os 10 Melhores Filmes e o Pior

Aproveitando a estreia de "Dumbo" nos cinemas, Caio Pimenta traz uma lista com o melhor e o pior de Tim Burton.https://www.youtube.com/watch?v=k4KTeTA30Bw

Filmografia Jordan Peele: o cara do terror no cinema americano

Jordan Peele se consolida um dos grandes nomes da atualidade dentro do cinema americano com a estreia de "Nós" .Caio Pimenta traz a trajetória dele na nova filmografia do Cine Set.https://www.youtube.com/watch?v=ch835vK-k2s

Filmografia Liam Neeson: consegue ou não superar o escândalo racial?

Caio Pimenta analisa a carreira e o momento complicado de Liam Neeson após o escândalo racial causado durante a divulgação de "Vingança a Sangue Frio".https://www.youtube.com/watch?v=7FyjWpFsBbo

Filmografia Brie Larson: da música pop ao Oscar até Capitã Marvel

Ganhadora do Oscar por "O Quarto Jack", Brie Larson traz uma carreira iniciada na infância para encontrar o auge da popularidade em "Capitã Marvel". Caio Pimenta traz todos os detalhes desta trajetória curta, mas, com grandes momentos neste videocast....

Especial Wes Anderson: O Grande Hotel Budapeste (2014)

Meu olhar de cinéfilo hipster em relação O Grande Hotel Budapeste não é de enxergá-lo como a obra favorita de Wes Anderson, cargo que pertence ao Fantástico Senhor Raposo. Nem mesmo, a que mexe intensamente com as minhas emoções, função exercida pela A...

Ingrid Bergman: a sueca que mostrou que há vida fora de Hollywood

Bergman, Lumet, Rossellini, Hitchcock, Renoir. Apenas o mencionar de um desses sobrenomes em uma conversa já é capaz de levantar as sobrancelhas de qualquer cinéfilo. E não é exagero nenhum dizer que qualquer ator de certo renome que tenha em sua...

Especial Wes Anderson: Moonrise Kingdom (2012)

"Moonrise kingdom" (2012) é o primeiro filme de Wes Anderson que poderíamos classificar explicitamente como infantil. Ainda que tenha dirigido a animação "O Fantástico Senhor Raposo" (2011) no ano anterior, e expresso tramas que perpassam o universo...

Especial Wes Anderson: ‘Viagem a Darjeeling’ (2007)

Meu primeiro contato com Viagem a Darjeeling foi através do curta Hotel Chevalier. Nele, os personagens de Jason Schwartzman e Natalie Portman (que faz uma ponta no finalzinho de Darjeeling) encontram-se, antes da viagem que os três irmãos farão na Índia,...

Especial Wes Anderson: ‘A Vida Marinha com Steve Zissou’ (2004)

Visual marcante e diálogos significativos: estes são os dois elementos são grandes norteadores das histórias assinadas por Wes Anderson. Muitos filmes do cineasta americano apresentam argumentos aparentemente simples e que, algumas vezes, lembram tramas...

Especial Wes Anderson: Os Excêntricos Tenenbaums (2001)

Excentricidade. Essa palavra combina bem com Wes Anderson. O terceiro filme da carreira do cineasta norte-americano ressalta as estranhezas, sutilezas e experimentações que o estilo narrativo e estético de Anderson ditam. É excepcional como ele consegue...