A oficina “Estratégias Criativas na Produção de Documentários” acontecerá em Manaus nos dias 13 e 20 de junho, de 9h às 12h. A atividade será encabeçada por Gustavo Soranz, doutorando em Multimeios pela Unicamp e professor do curso de Comunicação da Uninorte, e terá 20 vagas. No dia 13, serão ministradas as principais funções do documentário. Já no dia 20, o foco são as estratégias criativas para a produção dos filmes.

Realizada por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), a oficina acontecerá na Casa do Cinema (rua Ferreira Pena, nº 145, Solar Georgette, Centro). Segundo o professor, o objetivo da atividade é apresentar estratégias de elaboração de projetos de documentário que tenham um olhar diferenciado para seus temas, ao mesmo tempo em que segue os modelos mais utilizados para seleção de projetos audiovisuais em editais. “O método que será apresentado na oficina segue o modelo do DocTV, usado em editais do Governo Federal desde 2003. Ele também serve comumente de guia para editais locais”, explicou Soranz.

Embasar é fundamental

A análise de trechos de documentários também fará parte da oficina. Dentre as obras escolhidas, a preferência é por filmes curtos, que serão exibidos na íntegra, e feitos na Amazônia, a partir dos quais se poderá ilustrar as estratégias criativas que são o mote da oficina. “Nessa seleção de filmes, estarão alguns títulos que provavelmente serão reconhecidos pelos participantes, com os quais serão apresentadas as funções do documentário”, afirmou Soranz, complementando que a escolha por filmes amazônicos se deu para gerar uma proximidade maior para o público.

Durante o segundo dia de oficina, será dada maior atenção ao documentário “Cine Metro“, curta documentário dirigido pelo próprio Soranz sobre um antigo cinema de rua de São Paulo. O filme foi produzido durante a participação do professor num curso na Academia Internacional de Cinema, em São Paulo, e será exibido pela primeira vez durante a oficina. “A oficina em si é uma contrapartida para a SEC, por eu ter feito esse curso na AIC. A ideia agora é que o filme circule em festivais. Ele já está inscrito na Mostra de Curtas de São Paulo, mas ainda não saiu o resultado da seleção”.

Os interessados podem comemorar: a oficina é gratuita e depende apenas do envio de e-mail para soranz@yahoo.com até sexta-feira, 18h. Na A mensagem teve ter como assunto “CURSO DOCUMENTÁRIO” e apresentar uma breve explicação dos motivos de interesse em participar da oficina.

Facebook Comments