Prestes a completar 85 anos em dezembro, o polêmico Jean-Luc Godard vai ganhar no Brasil a retrospectiva mais completa de sua obra. De 21 de outubro a 2 de dezembro, os CCBBs do Rio, São Paulo e Brasília (mais o Cinesesc em São Paulo), Godard Inteiro ou O Mundo em Pedaços vai exibir 104 filmes de um dos maiores mestres do cinema moderno, entre longas, médias, curtas e séries para a TV. A curadoria é de Eugênio Puppo.

Duas raridades estão programadas: uma nova versão que Godard fez do longa Salve-se quem puder (a vida) (1980) e um episódio não finalizado da série Seis vezes dois. Nas três capitais estão programados debates – com Ismail Xavier em São Paulo, Ruy Gardnier no Rio e Pablo Gonçalo em Brasília – e cursos.

Será uma chance imperdível de ver na tela grande todas as fases de uma obra mutante: a primeira fase, com o frescor e a ousadia da Nouvelle Vague (Acossado, O desprezo, Pierrot le fou, Masculino-feminino); a fase maoísta, ainda mais politizada, em que integra o coletivo de artistas Dziga Vertov (Vento do leste, Vladimir e Rosa); o experimentalismo e a pesquisa com vídeo e TV a partir de 1975 (a célebre série História(s) do cinema); o retorno à ficção, em filmes mais introspectivos e sem o humor dos primeiros filmes (Carmen de Godard, Je vous salue marie); e a fase ensaística, mais fragmentada, com reflexões sobre cinema e política mais livre das regras de dramaturgia, de JLG por JLG e Elogio ao amor até seu último longa em 3D, Adeus à linguagem.

A programação completa, com dias e horários das sessões, ainda será divulgada.

do site Filme B

Facebook Comments