“Mad Max – Estrada da Fúria” é o melhor filme do ano para a National Board Review, entidade formada por 120 cinéfilos americanos e tradicional por existir desde 1932. A ficção científica “Perdido em Marte” levou nas categorias de Direção e Ator, respectivamente, com Ridley Scott e Matt Damon. Já Atriz principal ficou com Brie Larson, por “Room”.

Com uma pegada pop, a National Board Review elegeu Sylvester Stallone como melhor ator coadjuvante por “Creed”, enquanto Jennifer Jason Leigh é a melhor atriz coadjuvante por “Os Oito Odiados”. Quentin Tarantino também levou o dele ao ganhar melhor roteiro original, enquanto Drew Goddard venceu em roteiro adaptado por “Perdido em Marte”.

“Divertida Mente” confirmou o favoritismo e ganhou em Animação e o húngaro “O Filho de Saul” não deu chances para os rivais, levando como melhor filme estrangeiro. Sucesso em “Beasts of no Nation”Abraham Attah dividiu o prêmio de revelação com Jacob Tremblay, de “Room”. Já “Amy” foi o vencedor entre os documentários.

VEJA OS VENCEDORES DO NATIONAL BOARD REVIEW 2015:

Melhor Filme: Mad Max – Estrada da Fúria
Melhor Diretor: Ridley Scott, por Perdido em Marte
Melhor Ator: Matt Damon, por Perdido em Marte
Melhor Atriz: Brie Larson, por Room
Melhor Ator Coadjuvante: Sylvester Stallone, por Creed
Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Jason Leigh, por Os Oito Odiados
Melhor Roteiro Original: Os Oito Odiados
Melhor Roteiro Adaptado: Perdido em Marte
Melhor Animação: Divertida Mente
Melhor Documentário: Amy
Melhor Filme Estrangeiro: O Filho de Saul (Hungria)
Revelação do Ano: Abraham Attah, por Beasts of no Nation e Jacob Tremblay, por Room
Melhor Diretor Estreante: Jonas Carpignano, por Mediterranea
Melhor Elenco: A Grande Aposta
Spotlight Award: Sicario
Prêmio de Expressão Artística: Beasts of no Nation

Facebook Comments