Kate del Castillo e a plataforma de streaming Netflix anunciaram nesta terça-feira a série-documentário “The Day I Met El Chapo: The Kate del Castillo Story”, uma produção focada no encontro da atriz mexicana com o famoso traficante de drogas.

Por meio de um comunicado, a Netflix revelou que a série estreará no dia 20 de outubro e contará com três partes que relatarão a versão da artista sobre o ocorrido com “informação exclusiva e material nunca antes visto”.

“Como atriz, tive a grande oportunidade de interpretar personagens fictícios dos quais me sinto muito orgulhosa. Agora volto, mas em uma história real, a minha realidade, a minha verdade. Este projeto contará o início, o motivo e as consequências ao aceitar contar sobre uma das figuras mais controversas do narcotráfico”, disse a protagonista e produtora-executiva do projeto.

O criador e produtor-executivo da série David Broome afirmou estar emocionado de participar “da saga mais surpreendente de ‘quando a vida supera a ficçào’, uma história envolvida em um núcleo de assuntos políticos e sociais complexos”.

“Eu me sinto muito honrado que Kate me tenha dado a oportunidade de contar a sua verdade”, acrescentou Broome.

Produzida por 25/7 Productions e Kate del Castillo Productions, “The Day I Met El Chapo: The Kate del Castillo Story” contará com o mexicano Carlos Armella como diretor.

Muito conhecida pelo papel de protagonista na novela “A Rainha do Tráfico”, Del Castillo já estrelou na Netflix a série “Ingobernable”, na qual dá vida a uma primeira-dama que perde a fé no marido, o presidente do México.

O escândalo sobre a atriz e ‘El Chapo’ foi revelado em 9 de janeiro de 2016, quando a revista “Rolling Stone” publicou o relato que o ator americano Sean Penn escreveu do encontro que teve com o traficante em outubro de 2015 no noroeste do México.

Segundo Penn, o encontro foi propiciado pela atriz, a quem o traficante tinha pedido que se encarregasse de fazer seu filme biográfico. As autoridades mexicanas mencionaram que o desejo de ‘El Chapo’ de ter a vida contada no cinema foi uma das causas que levaram à sua captura.

da Agência EFE

Facebook Comments