“Triple Frontier” deve ganhar uma sobrevida em Hollywood. Após a desistência da Paramount Pictures pelos custos elevados do projeto, a Netflix negocia para dar continuidade ao filme. A produção deve continuar sob o comando de J.C Chandor (“Margin Call” e “Até o Fim”), porém, com uma nova dupla de protagonistas: saem Tom Hardy-Channing Tatum e entram os irmãos Ben e Casey Affleck com Mahershala Ali ainda na equipe. As informações são do site The Playlist.

Caso se concretize, “Triple Frontier” será a união dos atuais ganhadores do Oscar nas categorias de atuação masculinas: Casey Affleck recebeu a estatueta de Melhor Ator por “Manchester à Beira-Mar”, enquanto Mahershala Ali venceu por “Moonlight – Sob a Luz do Luar” em Ator Coadjuvante. A presença de Ben Affleck precisa ainda combinar com a agenda dele junto com as aparições do Batman nos longas da DC Comics.

A produção sobre terrorismo ambientada na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina acabou sendo deixada de lado pela Paramount no início de abril.  O primeiro obstáculo do projeto seria o orçamento: como a história possui cinco protagonistas, o estúdio estava tendo dificuldades de achar outros grandes nomes pelos altos salários de Tatum e Hardy.

Outro problema foi a saída do executivo Brad Grey, apaixonado pelo projeto, à frente da Paramount Pictures. Antes de ir parar nas mãos de J.C Chandor, “Triple Frontier” chegou a ser desenvolvido pela dupla de “Guerra ao Terror”, a diretora Kathryn Bigelow e o produtor Mark Boal com Tom Hanks, Will Smith e Leonardo DiCaprio cotados para estrelar o projeto.

Facebook Comments