De “A Noite dos Desesperados” a “O Último Tango em Paris”, Caio Pimenta apresenta quais seriam os filmes indicados ao Oscar de Melhor Filme se fossem 10 nomeados entre 1970 a 1974. 

OSCAR 1970 

Os ecos da Nova Hollywood começam a ser ouvidos com mais força no Oscar pela vitória de “Perdidos na Noite”. A lista ainda incluía o excelente “Z”, o ótimo “Butch Cassidy”, além dos representantes da ala mais tradicional “Alô Dolly” e “Ana dos Mil Dias. 

Se fossem 10 indicados, a seleção seria ainda melhor. 

“A Noite dos Desesperados” certamente estaria entre os finalistas, principalmente, após ser indicado a nove categorias. “Deixem-Nos Viver” teve apenas uma nomeação, mas, foi em Melhor Direção para o Arthur Penn, o que já o colocaria na disputa principal. “Sem Destino” faria companhia a “Perdidos na Noite” entre os filmes transgressores, enquanto o violento e clássico “Meu Ódio Será Sua Herança” representaria o faroeste. Fecha a lista a comédia “Bob, Carol, Ted e Alice”. 

O azarão poderia ser o Bob Fosse com “Charity – Meu Amor” e quem eu gostaria de ver entre os finalistas seria o britânico “A Primavera de uma Solteirona”, filme que rendeu o Oscar de Melhor Atriz para a Maggie Smith. 

OSCAR 1971 

Patton” dominou o Oscar de 1971 ao ser premiado com 7 Oscars, incluindo, Melhor Filme, Direção, Ator e Roteiro Original. A lista ainda tinha os excelentes “MASH” e “Cada um Vive Como Quer” e os sucessos “Aeroporto” e “Love Story”. 

Se fossem 10 indicados, teríamos uma lista com grandes diretores. 

Indicado em Direção com o Federico Fellini, “Satyricon” não seria esnobado em Melhor Filme assim como “Mulheres Apaixonados”, do Ken Russell. O épico do David Lean, “A Filha de Ryan”, vencedor de Ator Coadjuvante e Fotografia, seria lembrado também. O drama “Meu Pai, um Estranho” e “A Grande Esperança Branca” completariam a lista. 

O drama de guerra “Tora! Tora! Tora!”, vencedor de um Oscar e indicado a cinco categorias, seria o azarão e o meu favorito fica com “Let It Be”, afinal, não é todo dia que você poderia incluir um documentário sobre os Beatles entre os finalistas. 

OSCAR 1972 

William Friedkin e Gene Hackman conquistaram o Oscar 1972 com “Operação França”. O clássico de Stanley Kubrick, “Laranja Mecânica”, estava entre os finalistas assim como “Um Violinista no Telhado”, “A Última Sessão de Cinema” e “Nicholas e Alexandra”. 

Se fossem 10 indicados… 

“Domingo Maldito”, dirigido pelo indicado ao Oscar John Schlesinger, seria um dos finalistas assim como o drama do Robert Mulligan, “Houve uma vez no Verão”. “Mary Stuart, Rainha da Escócia” representaria o tradicionalismo dos dramas de época britânico. “Kotch – Ainda Há Fogo Sobre as Cinzas” levaria a dupla Jack Lemmon-Walter Matthau ao Oscar de Melhor Filme. A última vaga ficaria com “Hospital”, ganhador de Melhor Roteiro Original. 

O azarão poderia ser “Se a Minha Cama Voasse”, filme infantil que venceu um Oscar e concorreu a outros quatro, enquanto o meu favorito seria “O Conformista”, clássico do Bernardo Bertolucci e indicado apenas a Roteiro Adaptado. 

OSCAR 1973 

O Poderoso Chefão” derrotou “Cabaret” em uma das disputas mais apertadas da história do Oscar. Em 1973, o suspense “Amargo Regresso”, o sueco “Os Emigrantes” e “Lágrimas de Esperança” completaram a lista. 

Se fossem 10 indicados, teríamos filmes para todos os gostos. 

“O Destino de Poseidon” faria parte da lista após conquistar oito indicações e vencer atriz coadjuvante com a Shelly Winters. O suspense do indicado ao Oscar, Joseph L Mankiewicz, “Trama Diabólica” seria nomeado também igual “O Ocaso de uma Estrela”, cinebiografia da estrela do jazz Billie Holliday. “Viagens com a Minha Tia” e “As Garras do Leão” completam a lista. 

O azarão seria aquele que eu gostaria de ver demais entre os finalistas: “O Discreto Charme da Burguesia”, parceria inesquecível, cínica e irônica da dupla Luis Buñuel e Jean Claude Carriere. 

OSCAR 1974 

Em 1974, “Golpe de Mestre” superou os melhores “O Exorcista” e “Gritos e Sussurros” para vencer o Oscar. “Loucuras de Verão”, de um jovem chamado George Lucas na direção, e a simpática comédia “Um Toque de Classe” também estavam na disputa. 

Se fossem 10 indicados, teríamos de Marlon Brando e Jack Lemmon a Tatum O´Neill. 

O polêmico “O Último Tango em Paris” iria apimentar a disputa de Melhor Filme, enquanto o romance “Nosso Amor de Ontem” agradaria os mais tradicionais e conservadores membros da Academia. O Peter Bogdanovich reapareceria em Melhor Filme com o ótimo “Lua de Papel”. Responsável pelo segundo Oscar da carreira do Jack Lemmon, “Sonhos do Passado” fecha a lista ao lado de “O Homem que eu Escolhi”. 

Protagonizado pelo Jack Nicholson, “A Última Missão” seria o azarão e o ótimo “Serpico”, parceria do Sydney Lummet com o Al Pacino, era o meu favorito para aparecer na lista. 

Oscar 2021: As Chances de ‘Babenco’ e os Principais Rivais

Caio Pimenta fala sobre "Babenco" como a escolha brasileira para o Oscar 2021 e os principais rivais em Melhor Filme Internacional. https://www.youtube.com/watch?v=o2ukUcPJmjo É raro, mas, não totalmente impossível que documentários sejam indicados a Melhor Filme...

Oscar 2021: As Indicações ao Gotham Awards e o Impacto para o Prêmio

Caio Pimenta analisa como as indicações ao Gotham Awards 2021 pode apontar tendências para o Oscar do ano que vem. https://www.youtube.com/watch?v=7y6Ij2QG5ck O Gotham Awards é um evento menor da temporada de premiações, mas, que recebe a atenção por ser a primeiras...

Oscar 2021: Quem fica com a vaga do Brasil para Melhor Filme Internacional?

Caio Pimenta apresenta as chances dos 19 candidatos à vaga do Brasil para à categoria de Melhor Filme Internacional no Oscar 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=ghYuw5lBtQg POUCAS CHANCES  Aparecem com poucas chances o policial “A Divisão”, do Vicente Amorim e...

Oscar 2021: ‘Era uma vez um Sonho’ e os 10 flops pré-Oscar

Caio Pimenta aproveita as péssimas críticas de "Era uma vez um Sonho" para recordar 10 filmes que naufragaram antes de chegarem ao Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=Gr6EuICoDro As primeiras críticas de “Era uma vez um Sonho” não foram absolutamente nada generosas...

Oscar 2021: Calendário das Estreias dos Candidatos no Brasil

Caio Pimenta apresenta quais candidatos ao Oscar 2021 estarão disponíveis no Brasil até o fim de 2020 nos cinemas e streaming.  https://www.youtube.com/watch?v=TohVcL7tQFs DISPONÍVEIS NO BRASIL  Vamos começar com os filmes que você já pode conferir no streaming.  A...

Oscar 2021: Qual o impacto das Eleições dos EUA no Prêmio?

Joe Biden e Donald Trump fazem uma das disputas mais acirradas da história da Presidência dos EUA. Um país dividido politicamente, em meio a uma pandemia, crise econômica e questões raciais tensas. Diante disso, será que este cenário afeta a corrida do Oscar 2021? ...

Oscar 2021: Quais os principais candidatos dos estúdios de Hollywood? – Parte 2

Caio Pimenta apresenta as estratégias de campanha da Disney, Searchlight Pictures, Neon, A24, Sony Pictures Classic, Netflix e Bleecker Street para o Oscar 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=Da5_CB4wbyQ DISNEY  A toda-poderosa e milionária Disney não tem muitas...

Oscar 2021: Quais os principais candidatos dos estúdios de Hollywood?

Caio Pimenta apresenta as estratégias de campanha da Amazon Studios, Warner Bros, Universal Pictures, Paramount Pictures, Kino Lorber e Focus Features para o Oscar 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=VCei-jnsMx0 AMAZON STUDIOS  Vamos começar com a Amazon que tenta...

Oscar 2021 de Melhor Atriz Coadjuvante – Previsões Iniciais

De Glenn Close a Toni Collette, Caio Pimenta traz as primeiras previsões sobre os possíveis indicados ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=z-NCqSVhUnA POUCAS CHANCES  Aparecem com poucas chances de indicação, a Toni Collette,...

Oscar 2021 de Melhor Ator Coadjuvante – Previsões Iniciais

De Chadwick Boseman a Bill Murray, Caio Pimenta traz as primeiras previsões sobre os possíveis indicados ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=3BDUytmOb9U POUCAS CHANCES  O Lucas Hedges, por “Saída Francesa”, Bo Burnham, de...