A Marvel segue rindo à toa nas bilheterias mundiais. Prestes a lançar “Os Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1”, o estúdio vai lucrando e muito com “Pantera Negra”. A superprodução dirigida por Ryan Coogler alcançou a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais em apenas 26 dias. Com isso, o filme se junta aos dois primeiros “Os Vingadores”, “Homem de Ferro 3” e “Capitão América – Guerra Civil” na casa dos bilionários. As informações são do site da Variety.

Somente nos EUA, “Pantera Negra” acumula US$ 521 milhões, sendo a nona maior bilheteria de todos os tempos. A expectativa é que neste fim de semana arrecade mais US$ 40 milhões. Isso o faria superar “Batman – O Cavaleiro das Trevas” e assumir o posto de segundo maior faturamento de filmes em quadrinhos nos cinemas americanos.

Estrelado por Chadwick Boseman, “Pantera Negra” começa após a morte do rei T’Chaka (John Kani). O príncipe T’Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T’Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong’o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

Facebook Comments