Filme previsto para estrear o projeto Cinema de Arte em Manaus na próxima quarta-feira (13), “Permanência” venceu os prêmios principais do Cine PE. Cerimônia de premiação aconteceu na noite deste sábado (9) e a produção dirigida por Leonardo Lacca levou cinco troféus: Melhor Filme, Atriz (Rita Carelli), Atriz Coadjuvante (Laila Pas), Ator Coadjuvante (Genésio de Barros) e Direção de Arte (Juliano Dornelles).

Outro vencedor da noite foi o filme “Cavalo Dinheiro”: produção faturou os Calungas de Melhor Diretor e Roteiro ambos com diretor português Pedro Costa, Melhor Direção de Fotografia e prêmio da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine).

Lázaro Ramos surpreendeu Irandhir Santos com o prêmio de Melhor Ator pelo trabalho em “O Vendedor de Passados”. Já entre os curtas-metragens, o carioca “Até a China” ganhou como Melhor Filme.

VEJA A LISTA DE VENCEDORES DO CINE PE 2015:

» Mostra Competitiva de Longas-Metragens
Melhor Filme: Permanência (PE), com direção de Leonardo Lacca
Melhor Diretor: Pedro Costa, pelo filme Cavalo Dinheiro (Portugal)
Melhor Roteiro: Pedro Costa, pelo filme Cavalo Dinheiro (Portugal)
Melhor Fotografia: Pedro Costa e Leonardo Simões, pelo filme Cavalo Dinheiro (Portugal)
Melhor Montagem: Karen Akerman, pelo filme Aqui Deste Lugar (SP)
Melhor Edição de Som: Miriam Biderman, ABC e Ricardo Reis, pelo filme O Vendedor de Passados (RJ)
Melhor Trilha Sonora: Petrônio e as Criaturas, pelo filme O Gigantesco Ímã (PE)
Melhor Diretor de Arte: Juliano Dornelles, pelo filme Permanência (PE)
Melhor Ator Coadjuvante: Genésio de Barros, pelo filme Permanência (PE),
Melhor Atriz Coadjuvante: Laila Pas, pelo filme Permanência (PE),
Melhor Ator: Lázaro Ramos, pelo filme O Vendedor de Passados (RJ)
Melhor Atriz: Rita Carelli, pelo filme Permanência (PE),
Prêmio da Crítica/Júri da Abraccine: Cavalo Dinheiro, com direção de Pedro Costa
Prêmio do Júri Popular para o Melhor Filme: Mães do Pina (PE), com direção de Leo Falcão
Menção Honrosa para o filme O Gigantesco Ímã (PE)

» Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Nacionais
(Mostra Curta Brasil)
Melhor Filme: Até a China (RJ)
Melhor Diretor: Cíntia Domit Bittar, pelo filme O Segredo da Família Urso (SC/SP)
Melhor Roteiro: Marão, pelo filme Até a China (RJ)
Melhor Atriz: Liz Comerlatto, pelo filme O Segredo da Família Urso (SC/SP)
Melhor Ator: Vinicius Tardio, pelo filme Vestibular (SP)
Melhor Fotografia: Kaue Zilli e Pepe Mendes, pelo filme Vestibular (SP)
Melhor Direção de Arte: Dicezar Leandro, pelo filme O Segredo da Família Urso (SC/SP)
Melhor Edição de Som: Gustavo de Souza, pelo filme O Segredo da Família Urso (SC/SP)
Melhor Trilha Sonora: Eduardo Braga, pelo filme Bajado (PE)
Melhor Montagem: Cao Guimarães, pelo filme Palace Hotel (MG)
Prêmio da Crítica/Júri da Abraccine: Xirê, com direção de Marcelo Pinheiro
Prêmio do Júri Popular para o Melhor Filme: Até a China (RJ), com direção de Marão
Prêmio de Aquisição do Canal Brasil para o Melhor Curta: Bajado (PE).
Prêmio da Federação Pernambucana de Cineclubes (FEPEC): Bajado (PE), com direção de Marcelo Pinheiro.

» Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Pernambucanos
(Mostra Curta PE)
Melhor Filme: Salu e o Cavalo Marinho, com direção de Cecília da Fonte
Melhor Diretor: Lírio Ferreira, pelo filme O Poeta Americano
Prêmio do Júri Popular para o Melhor Filme: Salu e o Cavalo Marinho
Menção honrosa pelo júri da Abraccine-Associação Brasileira de Críticos de Cinema: O Poeta Americano, de Lírio Ferreira.

Facebook Comments