Dirigido pelo francês Jean-Jacques Annaud, “Wolf Totem” será o representante da China na disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. A escolha, porém, rendeu polêmica pela vontade do cineasta Jia Zhangke em querer emplacar o novo projeto da carreira, “Mountains May Depart”, na briga pela estatueta da Academia de Hollywood. As informações são do The Hollywood Reporter.

A definição por “Wolf Totem” estava acertada desde agosto, segundo produtores da coprodução entre China e França. Porém, durante entrevista no Festival de Toronto, Jia Zhangke se mostrou interessado em concorrer a uma vaga no Oscar pelo país. O esforço foi tanto que, para cumprir as exigências da Academia, “Mountains May Depart” chegou a ser lançado em circuito limitado em solo chinês.

A disputa foi parar nas redes sociais chinesas quando o produtor de “Wolf Totem”, Wang Weimin, disparou críticas contra Jia Zhangke. De qualquer maneira, a produção comandada por Jean-Jacques Annaud acabou sendo confirmada na briga pelo Oscar 2016.

Facebook Comments