O anúncio da falência da The Weinstein Company após o fracasso das negociações de compra do grupo liderado por Maria Contreras-Sweet terá impacto não menos na indústria do cinema. A situação econômica da empresa liderada por Harvey Weinstein deixa no limbo uma série de filmes previstos para serem feitos pelo estúdios. As informações são do site Indiewire.

Dois trabalhos conseguiram caminhos fora da “The Weinstein Company”: o novo filme de Quentin Tarantino foi parar na Sony Pictures, enquanto “Maria Madalena” com Rooney Mara e Joaquin Phoenix será lançado pela Universal Pictures. Porém, cerca de 40 projetos estão engavetados, entre eles, uma série de televisão com Sylvester Stallone, a cinebiografia de Judy Garland e um filme da Furby.

Então forte candidato ao Oscar 2018, “The Current War” não chegou a ser lançado no fim do ano como previsto. A produção sobre a rivalidade entre Thomas Edison e George Westinghouse com Benedict Cumberbatch e Michael Shannon, até agora, nunca viu a luz do dia. O remake do sucesso francês, “Os Intocáveis”,  com Bryan Cranston e Kevin Hart precisou do apoio de Nicole Kidman para conseguir chegar aos cinemas no dia 9 de março.

Com Robert DeNiro, Uma Thurman e Christopher Walken, “War With Grandpa” segue engavetado assim como “Hotel Mumbai” estrelado por Dev Patel e Armie Hammer. O plano de Michael Moore em fazer a continuação do ganhador da Palma de Ouro do Festival de Cannes, “Fahrenheit 11/9”, está parado.

Facebook Comments