Neste último sábado, 19, mais uma edição do Festival de Cinema de Cannes foi encerrada com a entrega dos prêmios da mostra competitiva. Para continuar com o clima do festival, o Cine Vídeo Tarumã exibe filmes que já ganharam prêmios em edições anteriores. São eles “Sem Amor”, “As Maravilhas” e “Divinas”. As sessões do projeto são gratuitas e acontecem sempre às 12:30h, no Auditório Rio Negro do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS), localizado no setor Norte do Campus Universitário.

Na segunda-feira, 21, será exibido o longa “Sem Amor”, do diretor russo Andrei Zvyagintsev. O filme conquistou na edição de Cannes de 2017 o segundo prêmio do Júri para Zvyagintsev e também recebeu indicações a Melhor Filme Estrangeiro no Oscar e no Globo de Ouro. A história do filme envolve o desaparecimento do filho de 12 anos de um casal que está prestes a se separar. No decorrer da projeção, o espectador acompanha as investigações e, por tabela, os motivos para a atitude do rapaz.

Na quarta-feira, 23, é a vez de exibir “As Maravilhas”. Foi dirigido por Alice Rohrwacher que acabou de receber o prêmio de Melhor Roteiro na edição deste ano em Cannes. Com “As Maravilhas”, Rohrwacher recebeu o Grande Prêmio do Júri. O filme conta a história uma família no interior da Itália que cuida de abelhas. Este núcleo familiar se desestabiliza com a chegada de um menino desconhecido no lugar e com a aparição de uma equipe de Tv que busca documentar o cotidiano da família.

Fechando a programação, na sexta-feira, 25, será exibido “Divinas”, de Houda Benyamina. Com este filme, Benyamina conquistou a Câmera de Ouro, prêmio voltado para novos diretores, no festival em 2016. O filme conta a história de Dounia. Ela vive em uma comunidade dominada pelo crime e para tentar mudar sua situação financeira ela decide se tornar uma traficante.

Facebook Comments