A luta pelo Oscar 2015 já começou e os principais candidatos começam a trilhar as vagas através dos festivais ao redor do mundo. Veneza, Telluride e Toronto abrem esse período com maior intensidade, justo após o fim do verão americano dominado pelos blockbusters. A novidade deste ano é que, até agora, nenhuma produção despontou como favorita ou capaz de sair com destaque na disputa ao contrário de 2013 quando “Gravidade” e “12 Anos de Escravidão” mostravam que eram concorrentes de peso pela estatueta dourada.

PicMonkey CollageQuem mais se destacou foi “The Imitation Game”. Vencedor do Festival de Toronto, a produção estrelada por Benedict Cumberbatch traz ingredientes adorados pelos integrantes da Academia: drama histórico ambientado na Segunda Guerra Mundial com o protagonista sendo um herói responsável pela derrota de Adolf Hitler e com uma vida pessoal complexa. Ainda no campo das cinebiografias, “A Teoria de Tudo” pinta como forte candidato ao trazer a história de superação do físico Stephen Hawking e o envolvimento amoroso dele com a esposa. Caso o Oscar 2015 decida ser conservador, a escolha do vencedor sairá desse confronto.

Outra aposta certa entre os indicados será “Foxcatcher”. Os dois filmes anteriores dirigidos por Bennett Miller (“Capote” e “O Homem Que Mudou o Jogo”) conseguiram espaço na categoria de Melhor Filme em seus respectivos anos. Pesa também a força do trio de atores, em especial, Steve Carrell em um personagem dramático e Mark Ruffalo, forte candidato a levar o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Já “Boyhood” deve surgir como a força alavancada pelos críticos, já que a obra de Richard Linklater se torna uma unanimidade por onde passa. São dois filmes que podem crescer ao longo do tempo e chegar com força na premiação, porém, nada garantem levar a categoria principal.

PicMonkey Collage“Birdman” e “Inherent Vice” estão credenciados por serem os filmes dos diretores com as carreiras mais fortes na disputa: Alejandro González Iñarritu e Paul Thomas Anderson, respectivamente. Se os elogios ao filme do cineasta mexicano obtidos no Festival de Veneza e a atuação de Michael Keaton transformam “Birdman” em quase certeza, ainda paira incógnita sobre “Inherent Vice” muito pelo fato da Academia ter esnobado PT Anderson em 2013 por “O Mestre”.

Apesar de idolatrado por críticos e cinéfilos, Wes Anderson nunca comoveu muito a turma do Oscar. Talvez seja o humor negro tão peculiar ou o estilo minimalista, mas, o fato é que o cineasta nunca conseguiu emplacar uma mísera indicação seja como Melhor Filme ou Diretor. “O Grande Hotel Budapeste” pode mudar esse cenário, porém, o lançamento do filme nos EUA ocorreu em junho e, infelizmente, a Academia pode ter memória fraca. Com “Interstellar”, Christopher Nolan terá que lidar com o preconceito contra ficção científica e a lembrança de que “Gravidade” ganhou 7 estatuetas e perdeu Melhor Filme para “12 Anos de Escravidão”.

PicMonkey Collage“Whiplash” tem tudo para ser o independente da vez. As vitórias nos Festivais de Sundance e Deauville fizeram a produção ganhar força e ter um ator querido do público e crítica como J.K Simmons no papel da vida dele pode abrir caminhos para o Oscar. O drama de guerra “Corações de Ferro” aposta na força de Brad Pitt, enquanto “Big Eyes” traz dois atores adorados da Academia (Amy Adams e Christoph Waltz) em um filme que mostra Tim Burton fora do comum (leia-se, sem Johnny Depp). Produções como “Wild” (o retorno de Reese Whiterspoon a bons papéis), “Mr. Turner” (Timothy Spall e Mike Leigh podem alavancar as chances do filme) e “Trash” (do sempre indicado Stephen Daldry) podem surpreender.

Se tivesse que apostar em quem iria decepcionar escolheria “Garota Exemplar”. David Fincher sempre rendeu como diretor de histórias polêmicas e contestadoras como “Seven”, “Clube da Luta” e “A Rede Social”. A adaptação do best-seller de Gillian Flynn não parece ter esse peso todo e pode acabar sendo um novo “Millenium”, ou seja, um suspense apenas competente. Outro em que não vejo muito forte é “Exodus”. Minha desconfiança reside nos constantes erros da carreira de Ridley Scott nos últimos anos (“Prometheus”, “O Conselheiro do Crime”, “Robin Hood”, “Rede de Mentiras”, “O Gângster”…).

maxresdefaultPor fim, coloco aquele que considero ser a produção capaz de se tornar o verdadeiro favorito ao Oscar 2015: “Unbroken”. Seria o sonho da Academia de Hollywood premiar Angelina Jolie como Melhor Diretora e Filme: audiência nas alturas, repercussão mundial com capas de revistas, alavancar a carreira da nova cineasta, endeusar ainda mais a maior estrela do cinema como mulher bem-sucedida seja como esposa, mãe, ativista social e profissional. A história aborda a incrível história de um atleta olímpico (Louis Zamperini) que vai lutar na Segunda Mundial e, após um acidente de avião, termina capturado e feito prisioneiro pelas tropas chinesas.

Pintou o favorito?

VAMOS ÀS APOSTAS PARA O OSCAR 2015

MELHOR FILME

NOMES CERTOS

The Imitation Game

Boyhood

A Teoria de Tudo

Foxcatcher

QUASE LÁ

Birdman

Inherant Vice

Unbroken

BOAS CHANCES

O Grande Hotel Budapeste

Interstellar

Corações de Ferro

Whisplash

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

American Sniper

Big Eyes

Serena

O Desaparecimento de Eleanor Rigby

Mr.Turner

Trash

The Homesman

Wild

Nightcrawler

CANDIDATOS A DECEPÇÕES

Exodus

Garota Exemplar

Caminhos da Floresta

Rosewater

Selma

AZARÃO

O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

Guardiões da Galáxia

============================================================

MELHOR DIRETOR

NOMES CERTOS

Alejandro Gonzaléz Iñarritu, por Birdman

Richard Linklater, por Boyhood

QUASE LÁ

Bennett Miller, por Foxcatcher

BOAS CHANCES

Angelina Jolie, por Unbroken

Paul Thomas Anderson, por Inherant Vice

James Marsh, por A Teoria de Tudo

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

Christopher Nolan, por Interstellar

Wes Anderson, por O Grande Hotel Budapeste

Mike Leigh, por Mr. Turner

David Ayer, por Corações de Ferro

Jon Stewart, por Rosewater

Morten Tyldum, por The Imitation Game

Damien Chazelle, por Whiplash

Stephen Daldry, por Trash

CANDIDATOS A DECEPÇÕES

David Fincher, por Garota Exemplar

Tim Burton, por Big Eyes

Clint Eastwood, por American Sniper

AZARÕES

David Cronenberg, por Maps to the Stars

Tommy Lee Jones, por The Homesman

Jean Marc-Vallé, por Wild

Jason Reitman, por Men, Women and Children

=======================================================================

MELHOR ATOR

NOMES CERTOS

Michael Keaton, por Birdman

Steve Carrell, por Foxcatcher

Benedict Cumberbatch, por The Imitation Game

QUASE LÁ

Timothy Spall, por Mr. Turner

BOAS CHANCES

Joaquin Phoenix, por Inherant Vice

Eddie Redmayne, por A Teoria de Tudo

Jake Gyllenhall, por Nightcrawler

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

Al Pacino, por Manglehorn

Ralph Fiennes, por O Grande Hotel Budapeste

Bill Murray, St. Vincent

Jack O’Connell, por Unbroken

Chadwick Boseman, por Get On Up

Ellar Coltrane, por Boyhood

David Oleyowo, por Selma

AZARÕES

Ben Affleck, por Garota Exemplar

Brad Pitt, por Corações de Ferro

Matthew McConaughey, por Interstellar

Alfred Molina, por Love is Strange

====================================================================

MELHOR ATRIZ

NOMES CERTOS

Amy Adams, por Big Eyes

Julianne Moore, por Still Alice ou Maps To The Stars

Reese Witherspoon, por Wild

QUASE LÁ

Meryl Streep, por Caminhos na Floresta

Felicity Jones, por A Teoria do Tudo

BOAS CHANCES

Jennifer Aniston, por Cake

Jessica Chastain, por O Desaparecimento de Eleanor Rigby

Rosamund Pike, por Garota Exemplar

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

Anne Dorval, por Mommy

Helen Mirren, por A 100 Passos de um Sonho

Marion Cotillard, por Two Days, One Night

Hilary Swank, por The Homesman

Naomi Watts, por While We’re Young

Michelle Williams, por Suite Française

AZARÃES

Emma Stone, por Magia ao Luar

Jennifer Lawrence, por Serena

Kate Winslet, por A Little Chaos

Nicole Kidman, por Queen of the Desert

Shailene Woodley, por A Culpa é das Estrelas

=======================================================================

MELHOR ATOR COADJUVANTE

NOMES CERTOS

Mark Ruffalo, por Foxcatcher

Edward Norton, por Birdman

QUASE LÁ

J.K Simmons, por Whiplash

Robert Duvall, por O Juiz

BOAS CHANCES

Josh Brolin, por Inherent Vice

Channing Tatum, por Foxcatcher

Christoph Waltz, por Big Eyes

Ethan Hawke, por Boyhood

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

Tom Wilkinson, por Selma

Tim Roth, por Selma

Domhnall Gleeson, por Unbroken

Logan Lerman, por Corações de Ferro

John Goodman, por The Gambler

John Lithgow, por Love is Strange

AZARÕES

Joel Edgerton, por Exodus

Johnny Deep, por Caminhos da Floresta

Neil Patrick Harris, por Garota Exemplar

====================================================================

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

NOMES CERTOS

Patricia Arquette, por Boyhood

QUASE LÁ

Emma Stone, por Birdman

Jessica Chastain, por A Most Violent Year

BOAS CHANCES

Carmen Egojo, por Selma

Emily Blunt, por Caminhos da Floresta

Keira Knightley, por The Imitation Game

Laura Dern, por Wild

PODE SURPREENDER NA ÚLTIMA HORA

Anna Kendrick, por Caminhos da Floresta

Catherine Waterson, por Inherant Vice

Kristen Scott Thomas, por Suite Française

Naomi Watts, por St. Vincent

AZARÃ

Jessica Chastain, por Interstellar

Rene Russo, por Nightcrawler

Vanessa Redgrave, por Foxcatcher

======================================================================

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

PROVÁVEIS INDICADOS

Birdman

Boyhood

Foxcatcher

O Grande Hotel Budapeste

Mr. Turner

=================================================================

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

PROVÁVEIS INDICADOS

A Teoria de Tudo

Garota Exemplar

Inherent Vice

The Imitation Game

Unbroken

======================================================================

MELHOR ANIMAÇÃO

PROVÁVEIS INDICADOS

Como Treinar Seu Dragão 2

Festa no Céu

O Conto da Princesa Kaguya

Os Boxtrolls

Uma Aventura Lego

Facebook Comments