O chocante depoimento concedido, nesta semana, por Evangeline Lilly sobre situações constrangedoras ocorridas com ela nos bastidores de “Lost” fizeram os principais membros da área executiva do show virem à públicos. Os produtores JJ Abrams, Jack Bender, Carlton Cuse e Damon Lindelof divulgaram um comunicado pedindo desculpas à atriz sobre os problemas divulgados. As informações são do site da Variety.

Evangeline Lilly criticou as exigências de cenas de nudez ou com pouca roupa da personagem Kate na série. Segundo ela, as sequências visam apenas explorar o corpo dela e não tinham relações com o desenvolvimento da trama. “Na 3ª temporada tive uma má experiência no set, na qual tive que fazer uma cena em que eatava parcialmente nua. Me senti em um beco sem saída, totalmente sem escolha se queria ou não fazer. Estava aterrorizada e tremendo muito. Quando tudo terminou, estava chorando e tive que superar isso para fazer uma outra cena muito forte logo após”, disse.

Isso levou Lilly a criticar os rumos de Kate em “Lost”. “Acho que ela foi extremamente desagradável. Não no começo – no começo até que ela era legal. Conforme o andamento da série, acho que Kate foi ficando mais e mais previsível. Eu senti que a minha personagem foi de uma autônoma, tendo a sua própria história, jornada e compromissos para uma seguidora de dois homens pela ilha. Isso me irritou demais na época”, afirmou.

Neste sábado, os produtores de “Lost” decidiram emitir um pedido de desculpas público à atriz. “Nossa resposta para os comentários de Evie na imprensa é de imediatamente dizer que sentimentos muito pela experiência que ela detalhou quando trabalhava em ‘Lost’. Nós ainda não entramos em contato com ela, mas deixamos nosso mais sincero e profundo sentimento de desculpas. Ninguém deveria sentir-se inseguro no trabalho dessa forma”, diz a nota.

Facebook Comments