Hoje o diretor Quentin Tarantino é o maior defensor da velha película de cinema no polêmico debate entre filme e gravação digital. Para deixar isso ainda mais claro, o cineasta vai adotar uma estratégia de lançamento especial para o seu novo filme, o faroeste “The Hateful Eight”.

O longa será lançado no dia do Natal este ano nos Estados Unidos, mas só em salas que ainda realizam projeções em película. “The Hateful Eight” foi rodado no velho formato de 65mm, como vários épicos grandiosos do passado, e vai passar antes em cinemas equipados para esse tipo de projeção. O lançamento nas salas tradicionais de hoje, que realizam projeção digital, só ocorrerá duas semanas depois, em janeiro de 2016.

Trata-se do maior lançamento no formato em 20 anos. Vale lembrar que há alguns meses Tarantino conseguiu equipar 50 cinemas nos EUA com projetores de 70mm, e muito provavelmente são essas salas que vão receber o filme antes do seu lançamento nas salas com projeção digital. O lançamento limitado de “The Hateful Eight” vai concorrer, embora não abertamente, com outros pesos pesados como “Star Wars: O Despertar da Força”, “The Revenant” com Leonardo DiCaprio e Tom Hardy, “Concussion” com Will Smith, “Snowden” de Oliver Stone e o remake de “Caçadores de Emoção”.

» VEJA TAMBÉM: Videocast Mesa de Bar: O melhor e o pior do cinema de Quentin Tarantino

“The Hateful Eight” é ambientado alguns anos depois da Guerra Civil e mostra um grupo de personagens preso numa taverna por causa  de uma tempestade, e os conflitos que surgem entre eles. No elenco, estão Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh, Samuel L. Jackson, Walton Goggins, Tim Roth, Michael Madsen, Bruce Dern e Channing Tatum, entre outros.

Facebook Comments