Vencedor do Oscar 2012 com 5 estatuetas, “O Artista” sofre uma denúncia de plágio. O roteirista francês Christophe Valdenaire entrou na Justiça acusando o diretor e responsável pelo texto do filme, Michel Hazanavicius, de copiar a ideia dele para um suposto filme intitulado “Timidity, la Symphonie du Petit Homme” que iria se passar na transição da época do cinema mudo para o sonoro.

Segundo a Agência France Press, o processo também está sendo direcionado contra a produtora “La petite reine”, de Thomas Langmann. Hazanavicius informou que já acionou os advogados para defende-lo no caso. “O roteiro não tem nada a ver com meu filme nem com o texto que escrevi. Não sei até que ponto está convencido ou não de que houve plágio, mas o certo é que não tem nada a ver. Ele tem todo o direito de me atacar, e eu de me defender. A melhor resposta que posso dar é: leiam o roteiro e comparem os filmes!”, afirmou.

“O Artista” traz a história George Valentin, astro na Hollywood de 1927, que vê sua carreira afundar com o surgimento do cinema sonoro. Por outro lado, a jovem figurante Peppy Miller terá sua oportunidade de brilhar como uma verdadeira estrela com a chegada desse novo recurso. Além do Oscar, longa faturou o Globo de Ouro e o Bafta na categoria de Melhor Filme, Direção (Hazanavicius) e Ator (Jean Dujardin).

Facebook Comments