Taylor Sheridan vive um momento de ascensão na carreira. Após anos como ator coadjuvante em séries como “Veronica Mars”, “CSI” e “V.I.P”, ele começou a se destacar como roteirista ao emendar sucessos como “Sicario” e “A Qualquer Custo”. Agora, ele terá a missão de escrever a sequência da história ambientada na fronteira entre EUA e México. Para tanto, ele já causa polêmica sobre o novo filme. As informações são do site Indiewire.

Ao falar sobre o que o público pode esperar de “Soldado”, Sheridan declarou que o clima será tão obscuro a ponto de fazer “Sicario” parecer ser uma comédia. “Quando eu disse a ele que eu tinha escrito uma sequência, eles pediram um esboço e mais detalhes e eu disse, ‘Não, não, não, pessoal. O primeiro foi original. Eu só vou mostrar algo a vocês quando eu finalizar e concluir por completo. E eles confiaram em mim para fazer isso, e depois eles me falaram… ‘Ah, cara, estamos com muitos problemas’. Eu disse a eles que Soldado faz Sicario parecer uma comédia. Eu não sou o cara que se pede para escrever uma sequência”, afirmou.

Com estreia prevista para o ano que vem, “Soldado” conta com o retorno de Josh Brolin e Benicio Del Toro, além das adesões de Catherine Keener, Isabela Moner e Matthew Modine. A direção fica por conta de Stefano Sollima.

Facebook Comments