O SAG 2018 de Melhor Atriz Coadjuvante ficou com Allison Janney pelo trabalho em “Eu, Tonya”. Esta é a terceira estatueta dela no evento: as duas anteriores aconteceram na categoria de Melhor Atriz de Série Dramática por “The West Wing” em 2001 e 2002.

Mesmo sendo mais conhecida por interpretar a porta-voz da Casa Branca, CJ Cregg, em “The West Wing”, Allison Janey traz atuações nos cinemas em filmes premiados como “Beleza Americana, “As Horas” e “Juno”, além de sucessos como “10 Coisas que eu Odeio em Você”.

Em “Eu,Tonya”, ela interpreta a exigente mãe da protagonista vivida por Margot Robbie. Pelo mesmo personagem, Allison Janey ganhou o Globo de Ouro.

RUMO AO OSCAR

Allison Janney chega ao Oscar 2018 como a grande favorita ao prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante. Ganhar o SAG nesta categoria nos últimos sete anos levou à estatueta dourada.

Por “Lady Bird”, Laurie Metcalf parece não ter mais forças para alcançar Allison Janney, enquanto Mary J. Blige empalidece devido à queda de “Mudbound” na temporada de premiações.

Somente uma reviravolta incrível tira o Oscar de Allisson Janney.

VEJA AS CINCO ÚLTIMAS GANHADORAS DO SAG DE MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

2017 – Viola Davis, por “Um Limite Entre Nós” (venceu o Oscar)
2016 – Alicia Vikander, por “A Garota Dinamarquesa” (venceu o Oscar)
2015 – Patricia Arquette, por “Boyhood” (venceu o Oscar)
2014 – Lupita Nyong´o, por “12 Anos de Escravidão” (venceu o Oscar)
2013 – Anne Hathaway, por “Os Miseráveis” (venceu o Oscar)

Facebook Comments