Ex-secretário de Cultura do Rio e ex-diretor presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão teve sua indicação à diretoria da Ancine (Agência Nacional do Cinema) aprovada pelo Senado. A sabatina aconteceu na tarde de ontem, terça-feira, 12, com um saldo de 50 votos favoráveis, quatro contrários e uma abstenção. Sá Leitão irá assumir o cargo de Rosana Alcântara, cujo mandato de quatro anos se encerrou no mês de fevereiro.

De acordo com o novo diretor da Ancine, este é o momento de fazer um balanço das ações positivas e negativas promovidas pela agência nos últimos anos. Sua pauta também será em prol da desburocratização dos processos de fomento e do diálogo entre os diversos setores e profissionais do audiovisual brasileiro.

Vida pública

Entre 2003 e 2006, Sérgio Sá Leitão atuou como chefe de gabinete do ministro da Cultura, na gestão Gilberto Gil. Depois, trabalhou na Ancine por um ano, como assessor da presidência e mais tarde diretor. Também foi secretário de Cultura do Rio de Janeiro e presidente da RioFilme. Recentemente fazia a curadoria do Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro.

Tempo de mudança

Esta é apenas a primeira das duas grandes mudanças previstas para o quadro gestor da Agência em 2017. No mês de maio será a vez de Manoel Rangel, diretor-presidente da casa há 12 anos, se despedir da função. Para o seu lugar está cotado o nome de João Batista de Andrade, atual secretário-executivo do Ministério da Cultura. Sua indicação ainda precisa ser sancionada pelo presidente, Michel Temer, e antes de assumir o posto, Andrade também terá de passar por uma sabatina no Senado.

do site Filme B

Facebook Comments