Depois de meses tentando escolher quem interpretaria a personagem-título na versão live action de “A Pequena Sereia”, atualmente em desenvolvimento pelo estúdio Universal, a diretora Sofia Coppola deixou o projeto citando diferenças criativas, segundo o site Deadline Hollywood.

Os produtores do filme, Tim Bevan e Eric Fellner, do estúdio Universal e da produtora britânica Working Title, ainda vão continuar com o projeto.

De acordo com fontes internas, o estúdio e Coppola estavam num impasse sobre quem deveria interpretar Ariel. A diretora de “Encontros e Desencontros” vem fazendo audições com garotas há meses e supostamente estava muito entusiasmada em ter a novata Maya Thurman Hawke, filha de Ethan Hawke e Uma Thurman, no papel, enquanto executivos da Universal estavam contrários à ideia.

A Universal ainda não se manifestou sobre o ocorrido. Enquanto isso, Coppola não tem nenhum projeto de longa em vista. No entanto, seu especial de Natal “A Very Murray Christmas”, estrelando Bill Murray, estreará no Netflix no final deste ano.

Facebook Comments